Estas são as 5 maiores diferenças entre o Broly de Dragon Ball Z e o de Dragon Ball Super

Dragon Ball Z tinha como um dos seus personagens não oficiais mais famosos o Super Saiyajin Lendário Broly, que seria derrotado por Goku e companhia mais ou menos perto do final da Saga de Cell, caso este filme se encaixasse dentro da cronologia oficial do anime.

Como ele não se encaixa, Akira Toriyama decidiu aproveitar o personagem para o mais novo filme do anime, Dragon Ball Super: Broly, e ao invés de simplesmente pegar o mesmo enredo de antes, o autor do anime escreveu uma história completamente nova, que conta ainda mais sobre a sociedade dos Saiyajins e expande o seu universo.

No post de hoje, nós elaboramos uma lista com as principais diferenças entre o Broly de Dragon Ball Z e o de Dragon Ball Super.

Confira a lista abaixo:

1. O Destruidor Universal

Em Dragon Ball Z: Broly, os Guerreiros Z acabam sabendo da existência de Broly quando o Senhor Kaio sente que um Super Saiyajin maléfico destruindo a região sul da galáxia, em um local distante no espaço. Acontece que Paragus estava usando Broly como uma arma viva para atrair Goku, Vegeta e os outros em uma armadilha.

Já Dragon Ball Super: Broly, acabou com a ideia original de Broly ser um assassino experiente, tanto que o primeiro encontro de Broly com Goku e Vegeta acaba sendo a primeira vez que o vilão participou de uma luta em toda a sua vida.

2. O Lendário Super Saiyajin

O primeiro filme de Broly introduziu toda a ideia de Broly ser o Lendário Super Saiyajin e o conceito do LSJ como um todo, porém a transformação foi ficando cada mais confusa, conforme outras transformações foram sendo introduzidas, como o Super Saiyajin Deus. DBS: Broly simplifica o papel de Broly nas lendas, ao basicamente tornar Broly em um veículo para trazer o Super Saiyajin 4 para o canon da série.

Broly ainda retem sua habilidade única de aumentar seu poder de batalha exponencialmente, porém o filme explica que ele é capaz de canalizar o poder sem fim de Macaco Gigante através de sua forma humana. Porém, o poder sem fim de Broly vem ao custo do próprio controle de sua consciência em ambos os filmes.

3. Colegas de Berço

Uma das partes mais estranhas da lore de Dragon Ball foi criada no primeiro filme de Broly. No filme, a rivalidade entre Broly e Goku começou porque os dois foram vizinhos na enfermaria quando eram bebês. Mas como Goku chorava muito, isto de alguma forma traumatizou Broly de uma forma que só de ver Goku como um adulto muitos anos depois foi o suficiente para colocar Broly em uma fúria assassina. DBS: Broly muda as coisas, fazendo com que Vegeta seja o alvo de Broly/Paragus, pelo fato do Rei Vegeta ter banido Broly do Planeta Vegeta. Ao ver Vegeta na Terra, Paragus ordena Broly a atacar, começando a grande batalha do filme.

4. A Fusão

A batalha final entre Goku e Broly no filme original acaba com Goku recebendo energia de seus companheiros e usando-a para aumentar sua força em um super ataque. Vegeta não queria ajudar, por não querer misturar seu poder com o de Goku de forma alguma. Já em DBS: Broly, Vegeta precisa literalmente misturar seu poder com o de Goku, e os dois fazem a dança da fusão para formar Gogeta. Gogeta em sua forma Super Saiyajin Blue foi o necessário para finalmente derrotar Broly.

5. Gohan

No primeiro filme de Broly, Gohan é um dos Guerreiros Z que vai para Novo Vegeta para enfrentar Broly. Mas em DBS: Broly, Gohan é praticamente o único personagem principal da franquia que não aparece no filme.

David Brito

Fã de Roguelikes e J-RPGs, David passa a maior parte do seu tempo livre testando novos jogos e lembrando a todos o quanto ele ama a franquia Persona.

Disqus Comments Loading...