Categorias: Anime

Entenda porque você deve assistir Dragon Ball Z Abridged

A franquia Dragon Ball inspirou todos os tipos de ideias paralelas em diversas mídias. Jogos, filmes, OVAs oficiais baseados na série surgiram durante os 30 anos de exibição, além literalmente incontáveis obras criadas por fãs. E uma das melhores criações dos fãs, indiscutivelmente, é Dragon Ball Z Abridged.

A ideia por trás das versões “Abridged” dos animes é diminuir consideravelmente a lenga-lenga dos episódios ao redublá-los de maneira humorística e, depois do sucesso de Yu-Gi-Oh Abriged no Youtube, o Team Four Star decidiu fazer essa versão “reduzida” de Dragon Ball Z 12 anos atrás.

Inicialmente apenas uma paródia feita por fãs apenas por diversão, o projeto se tornou um gigante com um finale épico da Saga Cell em 2019, com a série acumulando centenas de milhões de views – o episódio 60 da série teve mais de 4 milhões de views de fãs que esperam o lançamento dos poucos episódios que saem por ano.

Seja muito fã ou um detrator da série, todos concordam: o anime de Dragon Ball Z as vezes é muito arrastado em seus fillers e até mesmo algumas lutas, incluindo a hilária luta de “5 minutos” entre Freeza e Goku que na verdade durou 7 episódios e mais de 3 horas para acontecer.

O objetivo inicial era levar o anime a sério até demais, e até mesmo os criadores concordam com isso, já que eles relançaram Dragon Ball Z na forma de Dragon Ball Kai, uma versão remasterizada e com fillers reduzidos.

Os produtores da série Abridged tem em seu maior acerto não levar quase nada a sério durante a série, exagerando as personalidade dos personagens e estreitando alguns laços entre os personagens, ou até mesmo criando alguns que não existiam na série original.

Goku é ainda mais infantil e burro em Abridged, mas não se ofenda, o resultado é hilário. Piccolo e Gohan tem uma relação muito mais próxima, com diversas piadas com o tema “pai é quem cria” para zoar o pouco empenho de Goku como pai.

Piccolo inclusive é fonte de uma das adições mais brilhantes da série, já que tanto Nail quanto Kamisama, que na série se fundiram com Piccolo e desapareceram, mas em Abridged vivem na cabeça do Namekuseijin e são responsáveis por conversas hilárias.

A primeira temporada de DB: Abridged definitivamente não envelheceu perfeitamente bem e é muito menos produzida que as outras. Mas conforme essa série foi ganhando audiência e a produção foi aumentando de qualidade, muitas vezes eles recriam o espírito de Dragon Ball melhor até mesmo que o próprio Dragon Ball Z original.

A Saga dos Androides – uma das menos favorita dos fãs de DBZ – é certamente melhor em Abridged do que no original. E eu digo o mesmo da personalidade de Cell, que deixou de ser um vilão relativamente clichê para se tornar incrivelmente carismático e, ao mesmo tempo, assustador.

Outras inclusões, como a presença estendida do Androide 16 na saga, também são adições tão valiosas que é até difícil imaginar reassistir o original sem elas.

E quando Dragon Ball Abridged leva uma situação a sério – esse momento realmente transcende a história e se torna verdadeiramente emocionante. A transformação de Gohan em Super Saiyajin 2 é uma das coisas mais brilhantes que eu já vi no YouTube e a antecipação dos fãs foi muito bem recompensada.

Com o passar do tempo, o Team Four Star ficou tão relevante no cenário de Dragon Ball e de dublagens em geral que diversos de seus membros fizeram participações especiais em jogos da série e até em dublagens oficiais de Dragon Ball e outros anime.

O último episódio lançado foi o epílogo da Saga Cell – com o anúncio de que eles eventualmente retornarão com a Saga Buu devido ao apoio imenso dos fãs da série.

Mas com a maior parte da história completa, quem não conhece a série está no melhor tempo para começar a acompanhar Dragon Ball Abridged e não vai precisar esperar meses entre os episódios lançados igual eu desde 2008.

O apoio da comunidade é tão forte que existem legendas para quase todos os idiomas possíveis, então mesmo que você não entenda muito de inglês, vale apena acompanhar.

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Atualmente, a história continua no mangá, além do filme Dragon Ball Super: Broly lançado no começo do ano e também de um novo filme que está em estágio inicial de produção pela Toei.

Nesta nova fase, Goku e Vegeta estão enfrentando um inimigo milenar e poderosíssimo: Moro, o consumidor de planetas, uma ameaça que pode muito bem acabar com o Universo 7 num piscar de olhos.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Disqus Comments Loading...

Este website utiliza cookies