Dragon Ball – Todos os vilões que Goku tentou poupar

Goku pode ter um bom coração, mas as vezes exagera na dose. E o resultado, como pudemos aprender ao longo dos anos assistindo Dragon Ball, é que ele sempre tenta poupar a vida dos inimigos. As vezes isso dá certo e ele acaba ganhando amigos. As vezes não dá e seus inimigos se tornam mais poderosas.

E não é como se Goku fosse o Batman e fosse contra matar vilões. Nada disso, ele possui uma contagem de mortos certamente impressionante para um herói.

Os motivos para esse comportamento costuma se egoísta: um inimigo poupado é uma luta interessante em potencial para o futuro. E nada importa mais para Goku do que uma boa luta.

8 – Piccolo

Ironicamente, Goku passou a poupar seus inimigos após treinar com Kami — o Deus protetor da Terra. Ao final do 23º Torneio de Artes Marciais, Goku podia matar e acabar definitivamente com a ameaça de Piccolo.

Ao invés disso, Goku deu ao renascido Rei Demônio uma Semente dos Deuses. Claro, após “perceber a falta de maldade nesse novo Piccolo”.

E tem também o fato de que a morte de Piccolo representaria a morte de Kami (os dois são duas partes da mesma criatura) e o fim das Esferas do Dragão.

No final das contas, até que bem justificado.

7 – Raditz

A chegada de Raditz  — irmão biológico do protagonista — na Terra marca o início da Saga Z. Enfim fomos apresentados aos Saiyajins e as ameaças intergalácticas. Dragon Ball finalmente estava preste a atingir sua fase Super Saiyajin que dominou o planeta.

Quando chegou, Raditz era muito mais poderoso até que as forças combinadas de Goku e Piccolo. Em um momento de desatenção, porém, Goku pegou a cauda do irmão, num movimento que o deixaria incapacitado.

Raditz prometeu que, se Goku o soltasse e poupasse sua vida, ele iria embora. Goku, como bom estúpido, aliás, acreditou. E pagou pelo erro com a própria vida.

 

6 – Nappa

Apesar de gostar de boas lutas, Goku não se identifica completamente com os Saiyajins. Os membros da Raça Guerreira costumam ser fãs de lutas interessantes, mas são igualmente dominados por uma sede de sangue aterrorizante.

E, por causa disso, Goku quis se distanciar dessa faceta violenta da própria espécie. Uma das formas de se fazer isso era poupar inimigos que não ofereciam perigo, como Nappa ficou após a luta entre os dois.

O que não impediu o Príncipe Vegeta de destruir o ex-companheiro em um momento de fúria.

 

5 – Vegeta

A presença de Vegeta despertou sentimentos nunca antes tidos por Goku. Antes considerado puro de coração, Goku admitiu que havia espaço para um terrível ódio contra Vegeta.

Mas junto com esse ódio veio a tona o seu desejo de batalha Saiyajin. Vegeta tinha dado a Goku uma luta tão intensa que matá-lo seria um desperdício.

A vontade de lutar novamente contra o Príncipe era tão genuína que Goku implorou que Kuririn não o matasse quando teve a chance. Mesmo Vegeta tendo sido responsável pela morte de Tenshinhan e Chaos.

 

4 – Forças Ginyu

Apesar de… bem.. erm… extravagantes, a Força Ginyu eram os soldados de maior poder nas forças de Freeza. A mera presença deles em Namekusei foi capaz de fazer o orgulhoso Vegeta a forma uma aliança desesperada com Kuririn e Gohan.

Quando Goku chegou no planeta dos Namekuseijin, entretanto, ele facilmente derrotou Rikum e Boter, os deixando incapacitados. A diferença de poder era tamanha que Goku sequer sentiu a necessidade de matá-los.

Vegeta, entretanto, teve outras ideias.

 

3 – Freeza

“Até aí, tudo bem”, eu certamente diria se estivessemos conversando pessoalmente. Apesar de questionáveis, as decisões de Goku costumam ter alguma explicação razoável.

Mas Goku literalmente virou um Super Saiyajin na base do ódio após Freeza matar Kuririn. O Imperador Galático era um tirano, dono de um número impressionante de genocídios. Incluindo os Saiyajins.

E mesmo assim, um derrotado e humilhado Freeza pediu misericórdia e foi atendido. Assim como Raditz havia feito, era apenas uma tentativa de enganar Goku.

Mas dessa vez o protagonista não titubeou para destruir Freeza após a pegadinha.

Em Dragon Ball Super, Freeza retornou a gentiliza e deu energia para Goku no Torneio de Poder. Pelo menos isso.

 

2 – Dr. Gero

Um dos arcos mais legais de DBZ foi a chegada de Trunks do Futuro. O filho do Príncipe com Bula vinha de uma linha do tempo alternativa para avisar que o antigo inimigo de Goku, Dr. Gero, criaria dois androides que destruiriam os Guerreiros Z. No futuro.

A única mente sã do grupo, Bulma sugere que eles achem Dr. Gero antes mesmo que ele termine o projeto e o destruam completamente.

O problema é que o Goku do Futuro sequer chegou a enfrentar os tais Androides, tendo morrido em decorrência de uma doença cardíaca. E é óbvio que o Goku do presente queria enfrentar os tais poderosos inimigos.

O resultado foi, supreendentemente, Cell Perfeito. E a morte de Goku.

 

1 – Majin Buu

Quando Majin Buu resistiu ao ataque final de Vegeta, sabíamos que a porca tinha torcido o rabo. Mas quando Goku chocou o planeta inteiro ao se transformar em Super Saiyajin 3, a situação estava resolvida.

Goku podia ali mesmo ter destruído o Buu gordo. Tinha poder o suficiente para isso. Mas ele achou que os que ainda estavam vivos na Terra deveriam ser capazes de salvá-la sem precisar da ajuda dele.

Como todo plano a longo prazo de Goku, essa decisão se provou estúpida. Ao poupar Majin Buu, Goku deixou que uma série de eventos ocorressem e terminassem na destruição da Terra.

Mas o Saiyajin parece ter aprendido a lição ao final da Saga, não mostrando nenhum remorso ao eliminar a versão original de Buu com uma poderosa Genki Dama.

Mesmo que ele ainda tenha desejado que Buu reencarnasse como uma boa pessoa.

 

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Vale ressaltar, entretanto, que o mangá continua sendo publicado mensalmente com aventuras inéditas.

Nesta nova fase, Goku e Vegeta estão enfrentando um inimigo milenar e poderosíssimo: Moro, o consumidor de planetas. Este novo inimigo tem como objetivo fortalecer-se e então consumir a energia de todo o universo.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acesse o site por este link e então ganhe 14 dias de premium gratuitos em uma nova conta.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade