Dragon Ball – Todas as fusões do anime

Por um bom tempo, Dragon Ball não teve outro foco se não as lutas regas a ação e pancadaria. Depois de um tempo, fomos apresentados as maravilhosas transformações em Super Saiyajin e mais adiante, às fusões entre os personagens.

Estas fusões geralmente acontecem de duas maneiras diferentes: pelos brincos Potara ou pela dança da fusão. Abaixo, vamos te mostrar todas as fusões já apresentadas em Dragon Ball, em ordem cronológica de aparecimento.

Todas as fusões de Dragon Ball

Gotenks

Gotenks foi a primeira fusão que vimos acontecer em Dragon Ball Z. Criada a partir da dança Metamoru, ela permitiu que Trunks e Goten unissem seus poderes e suas forças para fazer frente ao poderosíssimo Majin Boo.

E Gotenks provavelmente teria conseguido – já que o poder conferido pela dança Metamoru é realmente intenso, mas junto com a grande força, Gotens veio acompanhado de uma extrema imaturidade e orgulho próprio.

Antigo Kaioshin Supremo

Você pode até não lembrar, mas o Antigo Kaioshin também é uma fusão!

O próprio Kaioshin conta essa história ao explicar o funcionamento dos brincos Potara. Em determinado momento de sua juventude, uma velha bruxa se interessou pela beleza de um de seus brincos e resolveu coloca-lo na orelha sem sua permissão. Isso acabou ocasionando a fusão permanente entre os dois.

Kibitoshin

Depois que o poder dos brincos Potara foram explicados, Kibito e o Supremo Sr. Kaio resolveram por tudo a prova, numa tentativa quase que desesperada de criar um oponente que fosse capaz de fazer frente à Majin Boo. Infelizmente, o resultado final não foi lá essas coisas, tanto em termos de força, quanto em termos de aparência.

Vegetto

Vegetto foi a primeira fusão oficial de Goku e Vegeta, e só foi possível graças aos brincos Potara. O resultado foi estrondoso, gerando um guerreiro de poder imenso e que deu uma verdadeira surra em Majin Boo. O problema é que depois de um tempo, Vegetto acabou sendo absorvido por Boo e as coisas acabaram saindo bem diferentes do planejado.

Vale destacar que foi neste momento em que Goku quase se fundiu ao Mr. Satan, já que não parecia haver mais ninguém disponível antes da chegada de Vegeta.

Aka

Esta fusão não apareceu na série oficial, tendo sido apresentada pela primeira vez no especial “Yo! Son Goku and His Friends Return!!”, de 2008. Neste pequeno curta que se passa ao final do arco de Majin Boo, as forças remanescentes do exército de Freeza resolvem retornar à Terra e os soldados Abo e Kado recorrem a fusão, formando Aka. Mesmo assim, eles não chegaram nem perto da força de Goku ou Gotens.

Zamasu

O arco de Goku Black é uma verdadeira bagunça, e pode confundir qualquer um que não preste atenção em todo que é mostrado ao longo dos episódios. Se não bastasse as fusões, agora também somos apresentados ao conceito de Deuses viajando no tempo, e a fusões entre versões do mesmo personagem que viaja no tempo.

Na verdade, a fusão de Zamasu é complicada demais para tentar explicar em um parágrafo, e a treta foi tão grande que o Sr. Zeno em pessoa precisou destruir o Universo inteiro.

Kefla

Por muito tempo Dragon Ball não apresentou Saiyajins Mulheres em suas principais sagas, mas tudo mudou em Dragon Ball Super. Não só mudou, como a fusão entre Kale e Caulifla é uma das mais impressionantes e poderosas de toda série!

Kefla protagonizou uma das lutas mais interessantes no Torneio do Poder, onde foi capaz de dar muito trabalho para Goku, enquanto este utilizava o poder do Instinto Superior.

Gogeta

Gogeta foi uma fusão entre Goku e Vegeta que deu as caras pela primeira vez, de maneira não-canônica, em um dos tantos filmes da série dos anos 90 – além de ter tido papel fundamental em Dragon Ball GT. Foi só em Dragon Ball Super: Broly que os dois protagonistas da série resolveram verificar o poder que poderiam obter através da dança Metamoru, quando se depararam com a força devastadora do lendário Saiyajin Broly.

Com isto, temos todas as fusões de Dragon Ball já apresentadas até aqui. Qual a sua favorita?

Confira também:

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Vale ressaltar, entretanto, que o mangá continua sendo publicado mensalmente com aventuras inéditas.

Nesta nova fase, Goku e Vegeta estão enfrentando um inimigo milenar e poderosíssimo: Moro, o consumidor de planetas. Este novo inimigo tem como objetivo fortalecer-se e então consumir a energia de todo o universo.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acesse o site por este link e então ganhe 14 dias de premium gratuitos em uma nova conta.

João Víctor Sartor

João Víctor Balestrin Sartor é colaborador e sex-symbol do Critical Hits. Admirador das boas histórias, almeja de verdade escrever um livro algum dia. Divide seu tempo entre à leitura, jogatina, trabalho, engenharia e quando sobra tempo, vive.