Categorias: Anime

Afinal, o casal Naruto e Hinata faz sentido ou foi invenção de última hora?

Masashi Kishimoto, criador de Naruto e Naruto Shippuden, decididamente não é um bom escritor de casais ou romances. Nem mesmo personagens femininos são lá muito bem lidados pelo autor. E isso pode ser sentido principalmente no relacionamento do protagonista Naruto com Hinata Hyuuga. Ou será que não?

Os maiores desgostosos com o casal NaruHina (é a única vez que vou escrever assim, apenas para agradar os deuses do SEO) são os que preferiam ver o protagonista com outro par ou até os que não vêem nenhuma química entre o Uzumaki e a Hyuuga.

Mas, quando analisado com cuidado, vemos que o carinho entre os personagens é de longa data e faz algum sentido- e eu nem estou falando da história contada no filme The Last ou nos flashback forçados de Shippuden.

Antes de relembrar alguns momentos, é importante frisar um ponto essencial que levou o relacionamento a demorar para deslanchar: Naruto jamais teve conselhos de adultos em sobre como lidar com as primeiras paixões e não conhecia muito do mundo do romance além de sua fixação infantil por Sakura.

E claro que a timidez absoluta de Hinata também ajudou a criar barreiras que impediam que a conexão entre esses personagens fosse mais rapidamente fortalecida.

Mesmo com esses empecilhos, até durante a série clássica podemos ver como os dois tinha laços mais sensíveis do que a obsessão unilateral de Naruto (e outros garotos como Rock Lee) em Sakura e também a obessão de Sakura (e de quase todas as outras garotas – menos Hinata, é claro – com Sasuke).

Durante os exames Chunin, na parte escrita, Hinata chegou a oferecer a sua prova para que Naruto pudesse colar – e Naruto optou por não fazer isso com medo de se desclassificar, desclassificar seu time e também desclassificar a própria Hinata.

O confronto entre os Hyuuga nos combates também foi pautado pela força que Naruto deu para Hinata aumentar sua confiança, algo que ela mesmo admite para Naruto que mudou a sua vida de verdade e quando Naruto venceu Neji ele imediatamente se voltou para as arquibancadas procurando a herdeira Hyuuga para ver se ela o acompanhava.

E apesar de Hinata ter o costume de desmaiar na presença de Naruto, ela foi capaz de elogiá-lo e aumentar a confiança do protagonista antes do confronto contra Neji, o que até fez com que Naruto também “confessasse” que realmente gostava de pessoas como ela, numa demonstração de apreciação que não era costumeira desse Naruto.

É impossível esquecer da vez que Hinata se declarou para um Naruto até então derrotado por Pain e fez com que Naruto atingisse o maior descontrole de sua vida ao ser atingida pelas estacas do vilão. E ao contrário do que os fãs costumam brincar, Naruto não ignorou a confissão de amor e nem esqueceu da história.

E também como Hinata colocou Naruto nos eixos durante a Quarta Guerra Mundial Ninja, o lembrando do que o sacrifício de Neji significa – o que o levou a tomar a mão da Hyuuga para seguir em frente no combate contra Obito e Madara, enquanto admitia que ela estava ao lado dele por todo esse tempo.

Olhando as evidências e ignorando um pouco a obessão infantil de Naruto por Sakura, é inegável que Hinata era o par mais óbvio para o protagonista, com sentimentos muito mais maduros e saudáveis do que os outros casais da série – com possível exceção de Temari e Shikamaru.

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017, contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

Ao todo, o anime conta com 500 episódios (incluindo os fillers de Naruto Shippuden), finalizando a história de Naruto, Sasuke, Sakura e Kakashi e preparando o terreno para a continuação direta da história.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, juntamente com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Publicado por

Este website utiliza cookies