Categorias: Anime

Afinal de contas, qual a razão de Vegeta estar sempre com o braço esquerdo machucado em Dragon Ball Super?

Mais vezes que gente perdendo a mão ou braço em Star Wars, foi Vegeta tendo o braço quebrado ou machucado em algum momento de Dragon Ball Z ou até mesmo Super.

O acontecimento mais clássico foi durante o enfrentamento do Príncipe dos Saiyajins, onde Vegeta teve seu braço quebrado de maneira violenta (e maneirosíssima) pela Androide 18.

Mas isso acontece em basicamente todo arco que o Príncipe se envolveu desde que foi derrotado pelas forças terráqueas no começo de Dragon Ball Z, como após a batalha contra Recoome.

Em suas duas lutas com Majin Buu, Vegeta acabou com seus braços quebraços ou lesionados de alguma forma, nem mesmo a forma Majin conseguiu salvá-lo:

Até Dragon Ball Super deixou o nosso querido deuteragonista em situação maneta, após provar um pouco do que Jiren era capaz de fazer.

Dentro do Universo de Dragon Ball uma explicação possível é que ele teve uma lesão séria durante seus anos como guerreiro e nunca sarou completamente (mesmo com as semente dos deuses?) ou que é uma falha genética que causa uma fragilidade maior nesse braço/ombro.

E uma vez que o lutador aprende a utilizar seu braço direito como o dominante no combate, é possível que o esquerdo seja mais fraco ou utilizado mais para a defesa, ou ainda é o menos treinado e portanto o lado mais fácil para ser atacado

Mas no mundo real, a razão pode ser o notório e histórico preconceito de japoneses contra pessoas canhotas e/ou que utilizam apenas o braço esquerdo paras as atividades.

Prova de que esse fato curioso pode ser culpa da cultura asiática é que Vegeta não é o único a ter problema com braços esquerdos. Gohan teve o seu machucado na luta contra Cell (defendendo Vegeta!) e o Gohan do Futuro viveu um tempo sendo maneta.

Nem Piccolo escapou de ter o braço esquerdo avariado, apesar de sua fisiologia namekuseijin ajudar na recuperação.

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Atualmente, a história continua no mangá, além do filme Dragon Ball Super: Broly lançado no começo do ano e também de um novo filme que está em estágio inicial de produção pela Toei.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Disqus Comments Loading...

Este website utiliza cookies