Anime

5 motivos pelos quais as Esferas do Dragão deveriam ser destruídas em Dragon Ball Super

As Esferas do Dragão vem sendo por muito tempo o motivo de batalhas e aventuras de Goku e os outros personagens de Akira Toriyama da aclamada franquia Dragon Ball, com o poder de conceder qualquer desejo para aquele que juntar as 7, mas nós pensamos que essas esferas se tornaram prejudiciais para o desenvolvimento da história e deveriam ser destruídas.

O papel que elas desempenham atualmente na história do Akira é prejudicial demais para continuarem existindo. Hoje, lhes darei 5 motivos para elas serem completamente extintas do futuro do universo de Dragon Ball.

Por que as Esferas do Dragão deveriam ser destruídas em Dragon Ball Super

Mortes não são mais impactantes

No inicio, havia-se a especulação que uma pessoa só poderia ser revivida uma vez pelas esferas do dragão, isso criava tensão e expectativa nas batalhas principalmente quando um personagem que já havia morrido estava lutando.

Um exemplo disso está na primeira saga do Dragon Ball Z quando Caos morre em batalha fazendo Tenshinhan ficar furioso pois o seu amigo já tinha morrido anteriormente durante a serie original.

A sua morte parecia permanente quando Goku descobriu novas Esferas do Dragão no planeta de Namekusei e reviveu o Chiaotzu, com isso uma das fraquezas das esferas foi eliminada e a partir desse ponto do anime o peso da morte foi cada vez ficando menor.

Existem muitas Esferas do Dragão

Existem muitas variantes das Esferas do Dragão no universo de Dragon Ball Super, desde as originais criadas por Kami até a super esfera usada no arco do torneio do poder. Cada uma delas tem suas próprias regras e isso pode até mesmo te deixar confuso, se não for possível destruir todas as esferas da história ao menos teriam que diminuir a quantidade delas para dar uma amenizada no problema.

A perda de um Deus Ex Machina

As esferas foram usadas inúmeras vezes como um “Deus Ex Machina” e isso saturou imensamente a própria história e o jeito que ela é contada, removendo elas desse universo o anime teria que se reinventar completamente na sua parte criativa, tirando elas da equação as mentes criativas por trás do roteiro teriam que trabalhar em algo novo reinventado e revigorando o anime com isso.

Elas fazem a serie se tornar repetitiva

O arco de moro em Dragon Ball super é extremamente familiar a arcos que vieram antes dele, o próprio vilão desse arco parece uma combinação do Piccolo e Cell. Apesar das Esferas do Dragão não estarem fortemente presentes nesse arco, apenas a existência delas se tornou algo que remove a tensão dos fãs, já que qualquer coisa que dê errado no arco pode ser desfeito com elas.

Imagine se o torneio do poder realmente tivesse destruído todos os outros universos sem a opção de desejar traze-los de volta, isso adicionaria muito peso as ações dos personagens, será que as pessoas dos outros universos seriam forçadas a viver com Goku e Vegeta ou algo mais aconteceria? é uma pergunta interessante que não temos resposta.

As Esferas do Dragão não são mais necessárias para a história

Elas já desempenharam o papel importante que tinham para fazer, Dragon Ball é sobre lutadores com imenso nível de poder que vivem na terra e de vez em quando tentam salvar o mundo, as esferas aos poucos foram se tornando cada vez mais secundárias no meio de tudo isso, removendo elas também se perde esse “Deus Ex Machina” gigante que existe na história e tornaria ela muito mais interessante pro futuro, isso talvez seja exatamente o que esse Shounen precisa para continuar a se tornar cada vez mais grandioso no mundo inteiro depois que o arco de Moro passar.

Enfim, como mostramos acima, as Esferas do Dragão acabam mais atrapalhando do que ajudando na progressão da história de Dragon Ball Super. Você não concorda que elas deveriam deixar de existir?

Confira também

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Vale ressaltar, entretanto, que o mangá continua sendo publicado mensalmente com aventuras inéditas.

Nesta nova fase, Goku e Vegeta estão enfrentando um inimigo milenar e poderosíssimo: Moro, o consumidor de planetas. Este novo inimigo tem como objetivo fortalecer-se e então consumir a energia de todo o universo.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acesse o site por este link e então ganhe 14 dias de premium gratuitos em uma nova conta.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade