5 curiosidades que você provavelmente não sabia sobre Cell em Dragon Ball Z

Antes de Freeza aparecer em Dragon Ball Z, o nome dele foi citado diversas vezes para criar expectativa e mexer com a ansiedade dos espectadores sobre o novo vilão. Todos queriam saber quem era esse tal Freeza e o quão poderoso ele era. Por outro lado, o próximo antagonista da série, Cell, foi introduzido sem nenhum aviso prévio. Ele surgiu como alguém totalmente misterioso e com intenções desconhecidas, o que o tornou um personagem intrigante para o público.

No começo, mesmo tendo uma aparência não tão intimidadora assim,  Cell se mostrou um vilão assustadoramente poderoso. Com a cauda dele, ele absorvia outros organismos vivos, principalmente humanos para poder evoluir. Mas para atingir a forma perfeita dele, ele precisava absorver os androides 17 e 18. O desenvolvimento de Cell foi uma jornada intensa, e o personagem foi um dos melhores vilões de Dragon Ball Z por entregar ao público uma das sagas mais memoráveis da série Dragon Ball.

Mas o tempo passa e algumas pessoas não lembram de tudo ou até mesmo nem sabem de algumas coisas sobre Cell. Pensando nisso, fizemos essa lista de 5 coisas que você não sabia sobre Cell em Dragon Ball Z.

A aparência dele foi mudando por causa das críticas negativas

Apesar de Toriyama ter feito um ótimo vilão, o visual de Cell não estava muito bom, O Cell Imperfeito era para ser a única forma dele, e seria, se o editor de Akira Toriyama não tivesse demonstrado insatisfação com o vilão pela motivação inicial dele, e achou mais interessante Cell passar por transformações conforme a evolução dele. Então veio o Cell Semi-Perfeito, um visual que agradou bastante Toriyama, mas não ao chefe dele, que ainda não estava completamente satisfeito com o resultado, dizendo que aquela forma não era intimidadora o suficiente, então o personagem teve que passar por mais uma transformação, mas dessa vez ela foi definitiva.

Cell é o único vilão principal que Goku não mata

Mesmo sendo o personagem principal da história, Goku não costuma sair matando todos que cruzarem o caminho dele, mas quando a Terra está em jogo, ele não hesita em eliminar qualquer ameaça. Mas durante a saga de Cell, Goku está ciente de que o vilão é bem mais forte do que ele, então, ele aposta tudo em Gohan. Em um certo momento, Goku se sacrifica ao teleportar o corpo de Cell que estava prestes a explodir para outro planeta. Nisso, Goku salva a Terra, mas Cell se regenera e volta, e o peso de acabar com o vilão de uma vez por todas cai sobre os ombros de Gohan. A luta entre Gohan e Cell foi uma das mais emocionantes de toda a série Dragon Ball, e também foi uma das poucas vezes em que a salvação da Terra não dependeu de Goku.

Apenas dois personagens conseguiram matar Goku, e Cell foi um deles

Cell pode dizer com orgulho que ele foi um dos personagens que conseguiu matar Goku. Enquanto nem mesmo deuses conseguem eliminar o Guerreiro Saiyajin, Cell se destaca entre todos os vilões por ter sido a última pessoa a ter conseguido fazer isso, a não ser que isso mude em Dragon Ball Super.

A saga de Cell foi inspirada em O Exterminador do Futuro

Depois de Freeza, o anime precisava seguir outra direção, e em busca de inspirações, Toriyama deu uma olhada para o ocidente e acabou encontrando a inspiração necessária em O Exterminador do Futuro. Podemos ver os fatores semelhantes no filme e no anime, como o viajante no tempo, um futuro devastado por máquinas e uma pessoa destinada a salvar a humanidade.

Os Androides 17 e 18 eram para serem vilões

Dizem que quando Toriyama viu os androides 17 e 18, na mesma hora ele os considerou apenas um casal de pirralhos e pediu outro vilão imediatamente. Porém, eles não foram deixados de lado, os androides acabaram sendo uma peça muito importante na história. E no fim, eles fizeram tanto sucesso que a Androide 18 vive até hoje e está mais forte do que nunca em Dragon Ball Super.

E aí, você gostou desta lista? Comente aqui embaixo!

Giovanne Marrone

Apaixonado por games desde que se conhece por gente, Giovanne Marrone é redator no Critical Hits e se aprofunda nesse mundo gamer e aprende mais sobre ele todos os dias. Além disso, tem sede por competitividade em jogos FPS e faz lives com frequência.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade