4 jogos que trollam trapaceiros – Parte 3

Fala, galera, tudo bom com vocês?

Sacanear o jogador deve ser um dos maiores prazeres de um desenvolvedor. Sacanear um jogador que está roubando então, deve ser maior ainda.

Hoje nós voltamos a falar sobre alguns jogos que fazem exatamente isso, punem o trapaceiro de forma bem humorada.

Vamos lá?

Heretic

Heretic foi um jogo de tiro em primeira pessoa contemporâneo de Doom onde você controlava um mago e enfrentava criaturas demoníacas. Imagine Zigurat dos dias de hoje com menos cenouras endiabradas e mais demônios mesmo.

Por ser contemporâneo a Doom, o jogo decidiu esconder dois easter eggs no meio dos cheats deles que são bem engraçados. Caso você digitasse o código iddqd, que era o código de imortalidade do Doom, o jogo te matava e mostrava a mensagem na tela “Tentando trapacear, é? Agora você vai morrer!”.

O outro código de Doom homenageado por Heretic é o código de todas as armas. Caso você digitasse idkfa, que era o código, você perdia todas as suas armas e ficava só com o bastão. Jogo sacana, não?

Afterlife

Afterlife é uma espécie de Sim City divino, onde você assume o papel de prefeito do céu, ou do inferno, porque aparentemente isso seria uma ideia interessante para desenvolver um jogo de estratégia.

O jogo funcionava basicamente como qualquer jogo onde você administra uma cidade, os problemas aparecem e você resolve. Além disso, você precisa desenvolver o município com novas construções e tudo mais. Para isso, você precisava de moedas, e havia um código que fazia você ganhar um milhão delas. Até aí tudo bem, mas caso você fosse ganancioso demais, e digitasse o código muitas vezes seguidas, uma estrela da morte aparecia no jogo e destruía a sua cidade completamente, afinal, a ganância é um dos sete pecados capitais.

Silent Hill 3

Qual a melhor forma de ridicularizar um personagem? Deixando ele só de cuecas, é claro. E é isso o que a Konami faz com você em Silent Hill 3.

Caso você usasse o clássico Konami code no jogo, o personagem Douglas perdia as calças e era basicamente isso o que você ganhava por executar o código, transformando um jogo de suspense numa boa comédia.

Max Payne 3

Fechando a nossa lista, nós temos Max Payne 3. Caso você trapaceasse durante o multiplayer do jogo e a Rockstar te pegasse fazendo isso, ela te forçava a jogar apenas com cheaters, exatamente como em Titanfall, como eu falei na edição passada.

Por falar em Titanfall, o multiplayer do Max Payne 3 consegue estar mais abandonado que o de Titanfall nos dias de hoje, então não chega a ser tão terrível assim a punição.

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade