This War of Mine não é nenhum jogo novo que acaba de chegar ao mercado. Na verdade, trata-se de um título multi-premiado e reconhecido mundialmente não apenas por aspectos que são destacados em games, como jogabilidade e trilha sonora, mas por ajudar a reconstruir vidas reais, de pessoas que viveram a realidade desumana que o jogo simula.

O sucesso de This War of Mine, lá em 2014, não parou a 11 bit studios, que seguiu trabalhando no título ao longo dos anos. Em 2016 tivemos a expansão The Little Ones, que traz crianças ao mundo caótico do game; em 2017 o DLC Father’s Promise trouxe a primeira de três campanhas para aqueles que desejam viver uma história única dentro do game.

Agora, em 2018, antes mesmo dos dois últimos DLCs, temos o lançamento de This War of Mine Complete Edition, uma versão que, como o nome indica, conta com todo o conteúdo lançado no passado e que será lançado no futuro. Joguei essa versão no Nintendo Switch e contarei o que há de novo.

Se você ainda não conhece, aqui vai uma sinopse: This War of Mine é um jogo de sobrevivência que coloca o jogador na pele de civis, pessoas comuns, que encontram-se presas no meio de uma guerra civil e devem sobreviver ao frio, à fome, à depressão, doenças e ameaças físicas trabalhando juntas e decidindo quando é hora de descansar e se alimentar e quando é hora de saquear.

A experiência de guerra que This War of Mine oferece é diferente de qualquer coisa que podemos encontrar em qualquer outro jogo. A pressão que o game faz sobre o jogador para tomar decisões em momentos difíceis e o impacto que a vida dos personagens tem sobre quem está jogando são algumas das coisas que fazem-no um jogo único.

This War of Mine Complete

This War of Mine Complete Edition conta com todo o conteúdo clássico, que inicialmente é limitado a três campanhas com personagens e cenários diferentes e é expandido conforme o jogador completa estas histórias.

O novo conteúdo, separado em um modo intitulado This War of Mine Stories, resume-se a três histórias originais com personagens e cenários totalmente diferentes, além de acontecimentos pré-determinados — nas campanhas clássicas todos os acontecimentos são aleatórios e imprevisíveis.

Infelizmente, no Nintendo Switch apenas a primeira história ‘Father’s Promise’ (A Promessa do Papai) está disponível, portanto não posso dar um panorama da segunda, ‘The Last Broadcast’ que já se encontra disponível para jogadores do PC.

This War of Mine

Essas novas campanhas dão um papel diferente ao jogador e são adição muito bem-vinda ao game, uma vez que permitem que o jogador de fato se coloque na pele de um único protagonista (não de vários, como acontece nas demais campanhas) e aja como aquela pessoa normalmente agiria na mesma situação.

É claro que a dificuldade também é diferenciada nesse modo. Ameaças armadas só aparecem após o jogador ter tido tempo para preparar o protagonista e recursos são inteligentemente distribuídos entre as localizações iniciais.

No geral, as novas campanhas adicionam muito e tornam melhor um jogo que já era excelente — veja o quanto This War of Mine é bom em nosso review inicial do game. Aqueles que o adquirirem terão incontáveis horas de conteúdo para se entreter e histórias diferentes, algumas com finais felizes e outras nem tanto, para deixar-se imergir.

O Nintendo Switch possui vantagem dupla ao abraçar o estilo de jogo dos consoles, com controles através do botões, e das plataformas mobile, com ações feitas através do touch screen. Não importa a sua preferência, caso você tenha um Nintendo Switch, recomendo fortemente que compre This War of Mine Complete Edition para o console e viva as experiências marcantes da guerra civil em qualquer lugar.

Review elaborado com uma cópia do jogo para Nintendo Switch fornecida pela publisher.

Compartilhe