Games

Turtle Beach Recon 70 – Review

A Turtle Beach voltou ao Brasil, e nós tivemos a oportunidade de testar o Recon 70 por algumas semanas antes do lançamento oficial do fone de ouvido no Brasil. No post de hoje, trazemos nossas impressões sobre ele.

Observação: a Turtle Beach nos enviou para análise o fone de ouvido. Nossa análise é baseado apenas em nossas impressões e ter recebido o produto não interfere em nada o nosso julgamento do produto. O Critical Hits não faz análises pagas de produtos.

Primeiras impressões

O Turtle Beach Recon 70 é um fone de ouvido bem bonito, que traz um design bastante sóbrio, ou seja, sem grandes artefatos espalhafatosos.

O fone em si é todo de plástico, com as espumas para o ouvido cobertas por corino.

Além dos fones de ouvido em si, ele também conta com um microfone que liga e desliga dependendo da posição que você deixa ele. Caso ele fique de pé, o headset automaticamente corta o input de áudio, dessa forma você pode deixar ele mudo enquanto estiver numa partida ou conversa para evitar que os outros ouçam o que você está fazendo. Caso você deixe ele virado na horizontal, ele volta a captar o áudio.

Colocando para funcionar

A primeira coisa que eu notei no Recon 70 ao testá-lo é que a qualidade de áudio dele é muito boa, tanto para ouvir o áudio de jogos (seja no PS5, como é a edição dele, apesar de também ter funcionado no Xbox Series e no Nintendo Switch além do PC), seja para ouvir música.

Em ambos os casos, o áudio ficou cristalino, os graves bem definidos e em jogos de PS5, com o áudio 3D, como Returnal, o fone realmente se saiu de forma exemplar, entregando a fidelidade esperada.

O Microfone do Turtle Beach Recon 70 também é bem interessante. Na caixa do fone, a empresa promete entregar uma voz cristalina, e ele realmente está acima da concorrência nesse quesito. Claro, ele não é um microfone profissional de mais de mil reais que foi feito só pra isso, mas ele também não passa aquele áudio terrível de “correspondente de guerra” que outros fones da faixa de preço dele apresentam.

No quesito conforto, o headset acaba deixando um pouco a desejar. Eu não tenho orelhas grandes e senti elas um pouco apertadas usando o fone. Dá pra se acostumar com o tempo, mas a impressão que ficou é aquela em que você compra um tênis novo e precisa dar uma amaciada nele antes de realmente usá-lo confortavelmente, sabe? Eu tenho outros fones aqui onde isso acabou não acontecendo. Alguns custando mais caro (três a quatro vezes o preço desse) e outros nem tanto assim.

Outro ponto a se citar é que o headset não inclui um cabo P3 para P2 (que divide o plug 3,5mm para dois plugs, para você ligar o fone no PC). Felizmente o comprimento do cabo dele é longo o suficiente para fazer isso com um adaptador pequeno desses que você encontra por 15 ou 20 reais no Mercado Livre, mas se você está pensando em comprar o Turtle Beach Recon 70 para jogar no PC, lembre-se desse detalhe.

Para completar, o headset conta com duas características que eu gostei nele: controle de volume e de mudo do microfone direto no fone. Você pode deslizar o controle de volume pra aumentar ou baixar direto nele, e se o microfone estiver na vertical (pra cima) ele fica mudo.

Mas e aí, o Turtle Beach Recon 70 vale a pena?

O Turtle Beach Recon 70 é um fone de ouvido intermediário bem interessante no que ele se propõe: oferecer custo benefício, conforto e qualidade.

Pelo preço dele, ele compete com outros fones de ouvido como o Cloud Alpha e Razer Kraken, por exemplo. Comparando-o com eles, o Recon 70 tem seus pontos positivos (como controle de volume direto no fone e qualidade do microfone) mas eu senti que ele esmagou um pouco as minhas orelhas após algum tempo de uso, e olha que eu nem chego a ser orelhudo. Dá para jogar por horas com ele? Dá, mas é uma questão de costume, como amaciar um tênis novo que você acabou de comprar.

Ainda assim, pelo preço pedido por ele (na faixa dos 450 reais) ele é realmente interessante.

Prós

  • Ótima performance de áudio e do microfone
  • Controle de volume do áudio e mudo do microfone direto no headset
  • Compatibilidade com todos os videogames do mercado

Contras

  • O fone meio que esmaga as orelhas até soltar um pouco a espuma
  • Faltou um adaptador P3 para P2 para poder usar no PC com o microfone

Nota: 8,00

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade