Desenvolvedora de The Last of Us recusou-se a tirar protagonista da capa do jogo

A Naughty Dog, desenvolvedora por trás de The Last of Us, recusou-se a tirar Ellie, co-protagonista do jogo, da capa do jogo. A ideia teria sido sugerida durante o processo criativo da capa e o motivo seria que os jogadores mais hardcore acabariam evitando o jogo por ter uma mulher como protagonista. Quando o assunto foi posto em votação, a maioria esmagadora dos funcionários envolvidos nela recusaram essa ideia. Ponto para eles.

Em entrevista ao VG247Neil Druckmann, diretor criativo do jogo declarou que acha um erro essa concepção de que mulheres em capas de jogo tendem a vender menos. Isso pode ou não também ter sido uma alfinetada na Irrational Games, que excluiu completamente a co-protagonista de BioShock Infinite da capa do jogo para tentar expandir a base de fãs do jogo. Os fãs hardcore da franquia vão comprar o jogo independente da capa, mas quem nunca ouviu falar sobre o jogo poderia evitá-lo por causa disso.

Por sinal, essa decisão de mulheres em capas de jogos deu tanto o que falar em BioShock Infinite que a Irrational prometeu criar uma página para o jogo com modelos de capas alternativas para você imprimir uma e colocar no seu jogo, caso ache que a capa anunciada é muito feia. Seria engraçado se uma dessas capas tivesse Ken Levine, diretor do jogo, mostrando o dedo e mandando todo mundo que encheu o saco da empresa por causa disso se foder.

Enfim, eu concordo com o pessoal da Naughty Dog, é uma besteira sem tamanho essa ideia de que mulheres em capas de jogos não vendem, é só olhar Tomb Raider! Tá, sem brincadeiras machistas, mas sério, quem compra um jogo por causa da capa, sem nem saber o que esperar, tem mais que levar um tiro no meio das ideias.

Lembrando que The Last of Us sai no dia 7 de maio de 2013 para PlayStation 3.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade