Remedy responde à revolta de fãs por Quantum Break rodar a 720p

Os donos de Xbox One não ficaram nada felizes em saber que a resolução final de Quantum Break é 1280×720, e a Remedy decidiu pronunciar-se sobre isso.

Na explicação do motivo do jogo rodar nessa resolução, a companhia detalhou um monte de explicações técnicas meio complicadas de se entender, mas a verdade é que o jogo usa uma série de técnicas de anti-aliasing e efeitos gráficos de luz e explosões, o que acabaram interferindo na resolução final do jogo. Ainda assim, segundo a companhia, cada frame em 1080p do jogo é composto de quatro frames em 720 com efeitos 4xMSAA, o que acaba gerando uma alta contagem de pixels na tela.

“Essa abordagem nos dá uma grande contagem de pixels, combinados com estruturas complexas de shaders e efeitos, nos permitindo atingir a abordagem cinemática do jogo. Entretanto, a contagem de amostras entre as passagens de frames e o upscaling de resolução torna a conversa tradicional sobre resolução num tópico complicado no meio das técnicas usadas em Quantum Break”.

Alguém entendeu o que eles quiseram dizer? Eu também não, mas eu posso dizer que eu achei o jogo bonito pra caramba e que não dá para notar a “baixa resolução” dele.

Quantum Break chega ao Xbox One e ao Windows 10 no dia 5 de abril.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade