Reggie diz que o 2DS é para crianças

Ontem, a Nintendo largou uma bomba atômica nas nossas cabeças (e na do PlayStation Vita) ao anunciar o Nintendo 2DS assim, do nada. Custando US$ 129,99 e removendo o efeito 3D do Nintendo 3DS (além da sua forma de “ostra”) e com um visual feio de doer (mais parece aqueles minigames que a gente comprava na praia por 15 reais antigamente), essa máquina de jogar Pokémon (já que vai sair praticamente junto com o jogo) tem um público alvo bem específico em mente: crianças.

Reggie Fils-Aime, presidente da Nintendo of America, em entrevista ao site IGN, disse que a ideia é um produto para o consumidor que recém está entrando nessa vida, presumidamente com cinco ou seis anos. Caso vocês não lembrem da polêmica que foi no lançamento do 3DS, a Nintendo recomenda que se comece a usá-lo à partir dos sete anos de idade, por causa dos possíveis efeitos nocivos do 3D nos olhos em formação de uma criança. Para não deixar essa fatia de mercado sem opção, a companhia decidiu lançar o 2DS.

A pergunta que foi respondida dentro da companhia foi a seguinte, disse ele, “Como nós nos aproximamos desse público-alvo? Como nós colocamos mais gente para jogar jogos da Nintendo? Vamos dar acesso ao consumidor a todos esses grandes jogos a um preço dramaticamente baixo” continuou Reggie.

A US$ 129,99, eles certamente vão conseguir isso. Melhor ainda, é bem possível que aí sim a marca DS como um todo vire um produto de massa, pois muitos pais (pelo menos americanos) não se sentem muito confortáveis em colocar um aparelho de 200 dólares nas mãos de uma criança. Retirar o 3D e baixar tanto o preço assim foi uma bela ideia da Nintendo.

Minha única crítica (ou melhor, implicância) vai com essa ideia de público alvo, Poxa, Nintendo, eu gostei tanto da ideia que até pensei em comprar um 2DS, já que o 3DS me dá uma dor de cabeça dos infernos. Tá certo que ele parece um brinquedo, mas como eu o manteria só no meu quarto mesmo, não viraria motivo de piadas, né? Agora só falta descobrirmos por quanto ele chega aqui no Brasil.

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Publicado por
Tags: Nintendo 2DS

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade