Rumor: PlayStation 4 não se chamará PlayStation 4

Mais rumores sobre o PlayStation 4 apareceram na internet. Segundo a revista PSM3, do Reino Unido, o console não se chamará PlayStation 4 por um detalhe linguístico:  o número 4 em japonês é a palavra “shi”, que também pode ser lida como “morte”. Convenhamos que PlayStation Morte seria um nome fodão pra caramba, ou não, se o console for o fracasso que o Vita está sendo.

Ao que tudo indica, o novo console adotará o nome PlayStation Orbis, seguindo a moda lançada pelo Vita  ao abandonar termos técnicos no nome como numeração ou tamanho (1, 2, 3, Pocket etc). O novo console terá uma capacidade de processamento de dar inveja, já que poderá rodar em tempo real Watchdogs, Star Wars 1313 e aquela Demo Técnica da Square Enix lançou nesse ano que deixou todo mundo babando.

Apesar disso, esse novo console não dará o salto para os gráficos na resolução 4k, ele até tem a possibilidade de exibir vídeos nessa resolução, mas os gráficos em tempo real serão em 1080p a 60fps, algo bom para a Nintendo, já que o seu Wii U não será totalmente tirado da competição conforme a nova geração envelhece.

Ainda é especulado que o console venha com 16GB de memória flash interna (nenhuma informação sobre HD) e entre 4 e 8GB de Ram. Ele não terá PlayStation Plus de cara e terá streaming de jogos antigos via Gaikai, já que provavelmente seria o inferno tentar fazer um emulador do processador Cell.

Alguns desses rumores já haviam sido levantados num post feito aqui há algum tempo, como o processador, que seria um AMD mesmo. Para completar, o console custará entre 400 e 500 euros no mercado europeu. Menos do que o PlayStation 3 custou no seu lançamento, mas um valor meio alto para um console que quer se chamar PlayStation Orbis e não PlayStation Morte.

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade