Pai hackeia The Wind Waker e transforma referências a Link em referências femininas para filha de 3 anos

Mike Hoye queria mostrar à filha de três anos e meio dele que existiam exemplos positivos de heroínas adequados para crianças em jogos de videogame, mas encontrou dificuldades em encontrar alguma. Qual a solução encontrada por ele? Transformar Link em uma heroína, afinal, por que não?

Como para Mike ficar passando as palavras do masculino para o feminino enquanto lia os textos do jogo para ela estava se tornando um saco, ele decidiu fazer algo mais ousado: hackear o jogo e transformar toda referência masculina de Link numa referência feminina. Além disso, a irmã de Link em The Wind Waker tornou-se um irmão, para que a filha dele não ficasse confusa com as imagens que apareciam na tela.

Numa postagem no blog dele, Hoye disse que “não queria que a filha dele crescesse sabendo que mulheres não podem salvar os irmãos delas também”. Pensando assim de cabeça, eu realmente não consigo lembrar de nenhum exemplo do tipo e obviamente mostrar para uma garota de três anos personagens femininos como Lara Croft e outras personagens onde primeiro vêm as tetas e depois a ação não seria a melhor das ideias. Atitude louvável de Mike, não acharam?

Fonte: Eurogamer

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade