Games

Os 30 melhores jogos de Nintendo DS

O Nintendo DS é um dos melhores consoles de todos os tempos e responsável por alguns dos melhores jogos que a Nintendo já lançou até hoje.

O portátil revolucionário dominou o mercado e ainda hoje é um dos produtos mais bem sucedidos da Nintendo.

Mas quais são seus melhores games? No post de hoje, nós tentamos responder a essa pergunta.

Os 30 melhores jogos de Nintendo DS

Fire Emblem: Shadow Dragon

  • Produtora: Nintendo
  • Lançamento: 2008

Fire Emblem: Shadow Dragon é um remake do jogo para o NES, e apesar de não trazer grandes revoluções à fórmula da franquia, ainda assim é um capítulo bem divertido para quem gosta do esquema clássico dela.

No jogo, você controla Marth, personagem que você provavelmente conhece graças a Smash Bros, um príncipe exilado que deve salvar o próprio reino após um feiticeiro do mal reviver o Dragão das Sombras Medeus e tomá-lo para si.

Hotel Dusk: Room 215

  • Produtora: Cing
  • Lançamento: 2007

Hotel Dusk: Room 215 é um jogo muito interessante de investigação onde você controla o policial aposentado Kyle Hyde. No jogo, ele deve resolver uma série de puzzles e reunir pistas dentro do Hotel Dusk, além de entrevistar os hóspedes deste hotel enquanto procura pelo antigo parceiro de polícia dele. Todo o mistério do jogo gira em torno do quarto 215, e você certamente vai ficar intrigado jogando este game.

Trauma Center: Under The Knife 2

  • Produtora: Atlus
  • Lançamento: 2008

Trauma Center é um daqueles jogos perfeitos para mostrar por que a tela de toque do Nintendo DS foi tão revolucionária para os jogos quando foi lançada. É com ela e com a Stylus que você vai operar seus pacientes. Corte, pince, drene, suture, repita. Em Trauma Center: Under the Knife 2, temos basicamente o mesmo jogo que o primeiro, mas com algumas melhorias de qualidade de vida, gameplay e uma nova história, o doutor Derek Stiles retorna à ação após três anos sem usar o seu toque curativo. Caso você queira se inteirar com a história, também vale a pena jogar o primeiro game antes desse.

The Legend Of Zelda: The Phantom Hourglass

  • Produtora: Nintendo
  • Lançamento: 2007

The Legend Of Zelda: The Phantom Hourglass lembra bastante Wind Waker, não é mesmo? Bom, é porque ele é uma continuação direta do jogo lançado originalmente para o GameCube.

Nesse novo game, Link deve salvar Tetra, também conhecida por aí como Princesa Zelda, de um novo inimigo, chamado Bellum. Apesar de ser uma sequência, o gameplay do jogo funciona mais como em Link’s Awakening ou A Link to the Past, o que é sempre uma receita para um bom capítulo de Zelda.

999: Nine Hours, Nine Persons, Nine Doors

  • Produtora: Chunsoft
  • Lançamento: 2009

999 é mais uma visual novel bem interessante para o Nintendo DS. No jogo, você controla Junpei, um jovem que acorda preso dentro de uma cabine num navio, e que logo descobre que além dele, há mais oito pessoas com o mesmo destino. Agora, você deve escapar de lá, tentando resolver puzzles, fugindo de escape rooms e assim por diante. O jogo conta com uma narrativa excelente, e se você gosta de jogos do tipo, ele precisa estar no seu radar.

The World Ends With You

  • Produtora: SquareEnix
  • Lançamento: 2007

The World Ends With You é um daqueles jogos únicos que todo mundo tem que jogar pelo menos uma vez na vida. O jogo é um RPG situado num mundo onde o plano dos vivos e dos mortos compartilha o mesmo espaço, e você deve batalhar em ambos os planos para sobreviver a um jogo onde o vencedor pode reviver ou ascender para um plano espiritual superior. O jogo foi recentemente relançado para celulares e Nintendo Switch, então dá pra jogá-lo por aí tranquialamente.

WarioWare Touched!

  • Produtora: Nintendo
  • Lançamento: 2004

WarioWare é aquela coletânea de minigames malucos que só a Nintendo consegue fazer, e Touched, como o próprio nome sugere, faz uso das capacidades do Nintendo DS e da sua tela de toque para deixar as coisas mais malucas ainda. O jogo é bem divertido, ainda que esse tipo de game brilhe mesmo com mais gente.

Pokémon Black and White

  • Produtora: Nintendo
  • Lançamento: 2010

Pokémon Black & White é uma espécie de reboot da franquia Pokémon. O jogo conta com 156 monstrinhos originais, ciclos temporais e até mesmo batalhas triplas. Tem muita gente que reclama que a fórmula de Pokémon é sempre a mesma, e isso é até verdade, mas se você quer jogar um jogo que tenta inovar bastante dentro da franquia, Black and White é uma ótima escolha e certamente um dos melhores jogos de Nintendo DS.

Chrono Trigger

  • Produtora: Squre Enix
  • Lançamento: 2008

Chrono Trigger é ainda hoje um dos melhores JRPGs de todos os tempos. No jogo, você controla Chrono e seus amigos, numa aventura pelas diferentes eras da humanidade para salvar o mundo de Lavos, uma criatura que surge em 1999 e destrói a vida como a conhecemos.

O jogo foi resultado do dream team do JRPG se reunindo na época, com Hironobu Sakaguchi (criador de Final Fantasy), Yuji Horii (criador de Dragon Quest) e Akira Toriyama (criador de Dragon Ball e ilustrador de Dragon Quest), além de Nobuo Uematsu (compositor de Final Fantasy) ter contribuído com algumas das músicas da trilha sonora. O jogo conta com uma história profunda, um sistema de combate muito divertido, uma trilha sonora fenomenal e gráficos incríveis.

Na versão de Nintendo DS, o jogo conta ainda com as cutscenes da versão de PS1 e não tem telas de carregamento como no SNES, ou seja, essa versão traz o melhor dos dois mundos e ainda hoje é a versão definitiva do clássico.

Final Fantasy IV

  • Produtora: Square Enix
  • Lançamento: 2007

Final Fantasy IV é um dos melhores capítulos da franquia, e o remake do jogo no Nintendo DS é simplesmente incrível. O jogo conta com gráficos 3D refeitos para o portátil da Nintendo, além de cutescenes tanto em computação gráfica quanto em gráficos do jogo. Para completar, todas essas cenas são dubladas, então finalmente podemos ouvir como a Square Enix imaginava as vozes de Cecil, Kain e dos outros personagens da série.

Além das melhorias de apresentação, o jogo ainda ganha um sistema de Augments, que adicionam novas habilidades aos personagens durante o jogo, tornando-os assim ainda mais versáteis e poderosos.

Phoenix Wright: Ace Attorney

  • Produtora: Capcom
  • Lançamento: 2005

Responda rápido: o quão divertido pode ser um tribunal? Nada né. Bom, mas Phoenix Wright: Ace Attorney consegue transformar a vida de um advogado de defesa em algo extremamente divertido e engajante. Em Phoenix Wright: Ace Attorney, você controla Phoenix Wright, um jovem advogado de de defesa que está em seus primeiros casos. O jogo conta com fases de investigação e fases de interrogatório, argumentação e decisão do juiz, e é daqueles jogos que você começa a jogar um capítulo e só desgruda quando finalmente termina ele.

Ao todo, o Nintendo DS conta com quatro jogos dessa franquia, e eu honestamente recomendo os 4, ainda que o quarto seja o mais fraco da série.

Professor Layton and the Unwound Future

  • Produtora: Level-5
  • Lançamento: 2008

Professor Layton and the Unwound Future é um jogo extremamente divertido para o Nintendo DS. Nele, você controla Layton, um professor de arqueologia que age como um inglês clássico, amando chá, pontualidade e tudo mais. Nesse jogo, Layton descobre uma máquina do tempo que o leva para uma versão steampunk de Londres onde ele é o chefão do crime da cidade. Agora, você deve resolver puzzles, conversar com personagens e jogar minigames para resolver essa confusão toda.

Castlevania: Dawn Of Sorrow

  • Produtora: Konami
  • Lançamento: 2005

Castlevania: Dawn Of Sorrow é a continuação direta de Arya of Sorrow, lançado originalmente para o Nintendo DS. No jogo, você controla novamente Soma Cruz, e deve mais uma vez explorar o Castelo de Drácula enquanto adquire novas habilidades, enfrenta inimigos cada vez mais ameaçadores e sobe de nível.

O jogo de DS é basicamente uma versão mais bonita do de GBA, e agora conta com um minigame na tela de toque do portátil onde você deve desenhar figuras para selar os chefes que você derrota. Além dele, o DS também recebeu mais dois jogos da série Castlevania, sendo esses os últimos trabalhos de Koji Igarashi com a franquia, e que também ficam aqui como recomendação.

New Super Mario Bros.

  • Produtora: Nintendo
  • Lançamento: 2006

New Super Mario Bros pega o gameplay clássico 2D de Mario e o recria com gráficos 3D mas mantendo a jogabilidade clássica que todos se apaixonaram no passado. Hoje em dia, o jogo pode parecer bastante simples e não oferecer nada demais, mas na época fazia anos que a Nintendo não lançava um capítulo clássico de Mario e ainda hoje ele diverte.

Mario & Luigi: Bowser’s Inside Story

  • Produtora: Nintendo
  • Lançamento: 2009

Mario & Luigi: Bowser’s Inside Story é o terceiro RPG de Mario lançado pela Nintendo. Nesse jogo, Mario, Luigi, Peach, os Toads e Starlow são engolidos por Bowser, e agora você deve navegar pelo corpo do lagartão para escapar do corpo dele, mas eu já falei que isso não é tudo? Essa ação toda acontece na tela de baixo, já que na de cima, você controla e vê o que está acontecendo com o próprio Bowser. Mais um daqueles jogos malucos de RPG que só a Nintendo sabe fazer.

Advance Wars: Dual Strike

  • Produtora: Nintendo
  • Lançamento: 2005

Advance Wars: Dual Strike é até hoje o último capítulo da série lançado pela Nintendo. Esse é o capítulo final até aqui da trilogia, com uma nova guerra contra Black Hole no mesmo estilo de gameplay extremamente divertido de estratégia ao qual já estamos acostumados.

A grande novidade da versão de DS é que agora em algumas missões você deve batalhar em dois fronts diferentes, usando ambas as telas do portátil.

Osu! Tatakae! Ouendan

  • Produtora: iNiS Corporation
  • Lançamento: 2005

Osu! Tatakae! Ouendan é um jogo musical lançado apenas no Japão mas que merece estar na nossa lista de melhores jogos do Nintendo DS. Nesse game, você deve tocar a tela de toque do portátil conforme o ritmo da música para ir avançando pelas fases. Cada fase conta uma história, sendo uma mais engraçada que a outra, e conforme o seu desempenho na música, essas histórias terminam bem ou mal. Apesar de estar tudo em japonês, é bem fácil de entender como o jogo se desenrola e se divertir nele.

Além desse jogo, Osu! Tatakae! Ouendan tem uma continuação direta e uma versão ocidental, chamada de Elite Beat Agents, que também são muito divertidos e também ficam de indicação na nossa lista de melhores jogos de Nintendo DS.

Grand Theft Auto: Chinatown Wars

  • Produtora: Rockstar Games
  • Lançamento: 2009

GTA Chinatown Wars conta com todo o template dos GTA dessa época mas desta vez contando uma história com gangues chinesas. Diferente de Vice City Stories, o jogo funciona com uma perspectiva de cima para baixo, como em GTA 1 e 2, afinal de contas, esse jogo também foi lançado para o Nintendo DS e o portátil da Nintendo não conseguiria rodar o jogo em terceira pessoa como nos acostumamos nas versões dessa época.

Um capítulo bem curioso e interessante da franquia GTA, que certamente merece entrar pra nossa lista de melhores jogos de PSP.

Mario Kart DS

  • Produtora: Nintendo
  • Lançamento: 2005

Mario Kart DS é um dos jogos mais bem sucedidos do portátil da Nintendo, e também pudera, ele é extremamente divertido. O jogo em si não muda praticamente em nada dos Mario clássicos, você corre por aí, vence corridas, joga cascos vermelhos nos adversários e assim por diante. Uma das coisas mais legais dele, entretanto, é a possibilidade de multiplayer até com outros jogadores que não possuem um Nintendo DS, usando a comunicação no Wifi, e era aí que o portátil brilhava e praticamente se vendia para quem não tinha um.

Final Fantasy Tactics A2: Grimoire of the Rift

  • Produtora: Square Enix
  • Lançamento: 2007

Final Fantasy Tactics A2: Grimoire of the Rift traz o retorno da consagrada franquia de RPG de estratégia ao Nintendo DS. No jogo, você controla o jovem Luso, que é transportado para Ivalice por um livro mágico. Logo após isso acontecer, ele junta-se ao clã de Cid e agora você deve cumprir missões e enfrentar outros clãs enquanto procura uma forma de voltar pra casa.

Pokémon Mystery Dungeon: Explorers of Time and Darkness

  • Produtora: Nintendo
  • Lançamento: 2007

Pokémon Mystery Dungeon: Explorers of Time and Darkness segue a mesma fórmula dos jogos de GBA, ou seja, você é um humano que se transformou num Pokémon e agora deve explorar os habitats dos monstrinhos, cumprir missões e enfrentar outros Pokémon em um combate por turnos. Não é o tipo de jogo que todo fã de Pokémon vai gostar, mas é bem interessante ainda assim.

Dragon Quest IX: Sentinels of the Starry Skies

  • Produtora: Nintendo
  • Lançamento: 2009

O Nintendo DS foi um portátil tão bem sucedido que a Square Enix decidiu simplesmente lançar nono capítulo da série Dragon Quest exclusivamente para o Nintendo DS. Em Dragon Quest IX: Sentinels of the Starry Skies. O jogo conta uma história bem interessante, num mundo onde seres celestiais e humanos vivem em harmonia que está prestes a ser ameaçada por forças do mal. Quem procura por um JRPG e não está afim de jogar Final Fantasy, certamente deveria conferir esse.

Radiant Historia

  • Produtora: Atlus
  • Lançamento: 2010

Radiant Historia é mais um ótimo JRPG lançado para o Nintendo DS. No jogo, você vive a história de Stocke, um jovem do continente de Vainqueur, um continente com duas nações em guerra. Você recebe o White Chronicle, um tomo capaz de navegar por múltiplas linhas do tempo para evitar que o país dele, Vainqueur, acabe virando um deserto. Dependendo das linhas do tempo que você viajar, o jogo traz finais diferentes, oferecendo um fator replay bem interessante.

Pokémon HeartGold & SoulSilver

  • Produtora: Nintendo
  • Lançamento: 2009

Pokémon Gold e Silver talvez sejam os melhores capítulos da franquia bilionária da Nintendo, e Pokémon HeartGold & SoulSilver são excelentes remakes desses jogos. Assim como no caso de FireRed e LeafGreen, pouco foi modificado do gameplay, com os jogos originais sendo trazidos para as engines mais atuais de Pokémon e as criaturas sendo rebalanceadas. Ainda assim, vale muito a pena jogar esse jogo ou pela primeira vez ou mais uma vez caso você já tenha o feito no Game Boy Color.

Nintendogs

  • Produtora: Nintendo
  • Lançamento: 2005

Nintendogs é outro daqueles jogos que funcionam muito bem para vender o Nintendo DS para quem não conhece o portátil. O jogo é bastante simples, e nele você deve cuidar de um cachorro, fazer carinho, brincar com ele e dar banho nele, tudo usando a tela de toque do portátil. Nada de muito revolucionário, mas uma forma bem interessante de mostrar como uma tela de toque pode trazer outras possibilidades de gameplay.

Contra 4

  • Produtora: Konami
  • Lançamento: 2007

Contra 4 traz todo o gameplay clássico da série de volta para o portátil da Nintendo. Para quem conhece a franquia e nunca ouviu falar desse jogo, você vai encontrar a mesma ação e tiros voando pela tela como sempre, alternando essas fases com outras propostas para dar uma variada no gameplay.

Resident Evil DS

  • Produtora: Capcom
  • Lançamento: 2006

Resident Evil é um clássico e a versão de Nintendo DS dele é bem interessante. Lançada após o remake para GameCube, o jogo incorpora ao gameplay clássico os Crimson Heads e uma série de momentos em que você deve usar a tela de toque do portátil para sobreviver, como uma luta corporal contra um zumbi e um minigame onde Jill deve apertar botões com a faca dela enquanto tenta não arrancar um dedo da própria mão. Essa foi a última vez que Resident Evil foi relançado para um console com novidades, aliás.

Final Fantasy III

  • Produtora: Square Enix
  • Lançamento: 2006

Final Fantasy III é o primeiro lançamento oficial deste capítulo no ocidente, e a Square Enix não deixou por menos, recriando todo o jogo em 3D, reformulando todo o sistema de Jobs do jogo e ainda dando novas histórias e visuais para os protagonistas do game. No fim das contas, essa ainda é a versão definitiva do jogo a ser jogada, e ela também está disponível no PSP, Android, iOS e PC.

Viva Piñata: Pocket Paradise

  • Produtora: Rare
  • Lançamento: 2008

Viva Piñata: Pocket Paradise é uma versão portátil de Viva Piñata, um jogo de Xbox 360 onde você tem que cultivar um jardim. A ideia é basicamente essa, com você melhorando ele cada vez mais, atraindo novas Piñatas pro seu jardim e até mesmo trocando Pinãtas com outros jogadores usando as capacidades de Wifi do portátil.

Dr Kawashima’s Brain Training

  • Produtora: Nintendo
  • Lançamento: 2005

Fechando a nossa lista de melhores jogos do Nintendo DS, temos Dr Kawashima’s Brain Training, um jogo muito interessante e possível apenas no Nintendo DS. Nesse jogo, você deve treinar o seu cérebro para deixá-lo cada vez mais ágil, e isso é feito resolvendo contas, acertando desafios e xaradas tentando cada vez deixar o seu cérebro mais ágil e afiado. A ideia do jogo é que você jogue ele alguns minutos por dia todos os dias, e com o tempo você pode notar a própria evolução. Se isso vai te deixar mais inteligente eu não sei, mas que o jogo é bem único, isso com certeza ele é.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade