Nvidia anuncia o futuro com as placas GeForce GTX 1070 e 1080

Caso você esteja numa caverna ou simplesmente não esteja ligado nas notícias sobre tecnologia, saiba que na noite da última sexta-feira, (06), a Nvidia quase quebrou a internet com a anúncio das placas de vídeo GeForce GTX 1070 e 1080 que serão as primeiras a utilizar a arquitetura Pascal. Elas são o futuro da Master Race e atingem resultados insanos com consumo de energia baixíssimo e são superiores do que todas as placas presentes no mercado.

Está pensando em comprar uma 900 series? Segure sua grana, pois essas placas são a únicas GPU que você precisará por pelo menos todo o período da próxima geração. Vamos com uma de cada vez.

GTX 1070

A GeForce GTX 1070 vem equipada com 8GB de memória GDDR5 e poder de 6,5 TFLOPs. Ela vem para substituir a GTX 970 que é a plca atualmente com o melhor custo-benefício, mas quer saber? A performance dela é maior do que a GTX 980, GTX 980Ti e TITAN X!

A Nvidia falou relativamente pouco sobre a GTX 1070 e espera-se que ela use os 8GB com clock superior a 7GHz, que são os números da 970 e 980. Seu consumo de energia deverá ser entre 160 e 180W. A GPU começará a ser vendida em 10 de junho e custará $379 em sua versão comum e $449 na Edição Founders que tem capacidades mais elevadas de overclocking.

GTX 1080

A GTX 1080 não é só um monstro, ela é um Kaiju, é o que você precisa para chamar seu PC de PC Monstro. Ela também contará com 8GB de memória, só que GDDR5X ao invés da GDDR5. Conterá 2560 CUDA cores terá poder computacional de 9 TFLOPS, sendo que a TITAN X tem 7 TFLOPs com GPU Boost, 980 Ti 6.5 e a 980 “apenas” 5.3 TFLOPs.

O consumo de energia será de 180W, um pouco mais do que a GTX 980 que consome 165W. Ela alcançará temperatura máxima de 94ºC sendo que uma simples fonte de 500W é recomendada para segurar toda a sua potência.

As tecnologias presentes na GTX 1080 são Multi-Projection, VR Ready, NVIDIA Ansel, NVIDIA SLI Ready, NVIDIA G-SYNC Ready, NVIDIA GameStream Ready, NVIDIA GPU Boost 3.0, DirectX 12, Vulkan, OpenGL 4.5 e sua resolução máxima é de 7680×4320 pixels @ 60 Hz.

Quer comparação? A GTX 1080 tem o dobro da performance e o triplo da efeiciência de uma TITAN X e é mais forte até do que duas GTX 980 em SLI. Ela é o “Novo Rei” do PC Gaming segundo a Nvidia e seu desempenho monstruoso pode ser exemplificado em gráficos simples. OLHA SÓ O ABISMO ENTRE ELAS.

A promessa é que com a GTX 1080 você será capaz de jogar QUALQUER jogo.

Ansel

Ambas as placas virão com uma ferramenta que possibilitará aos jogadores tirar screenshots, basicamente, porém não as screenshots que estamos acostumados a tirar.

Através da Ansel será possível definir o ângulo e posição da câmera em uma screenshot, aplicar diversos filtros e até fazer mudanças na resolução. Quer mais? Ela não será apenas capaz de tirar screenshots em 4K ou 8K, que tal 61440 x 34560? Eu nem sei que resolução é essa. Também é possível capturar imagens em 360º para serem visualizadas através de dispositivos de realidade virtual.

As placas também virão com uma nova tecnologia de multi-projeção que se adaptará ao dispositivo que estiver sendo usado, proporcionando imagens com física e posições corretas caso você esteja usando três monitores, um monitor curvado, dispositivo VR ou até vendo um holograma.

A Epic Games foi uma das parceiras da Nvidia na apresentação e o que pudemos ver vindo da parte dela foi impressionante. Numa demonstração o novo MOBA da Epic, Paragon, estava rodando em uma GTX 1080 com clock de GPU a 2.1 GHz, e clock de memória a 5508 MHz, alcançando 65fps a 67ºC, SEM NENHUM COOLER. Nem ar, nem água, a 1080 estava rodando Paragon no pelo sem problemas.

A arquitetura Pascal presente nas placas custou bilhões de dólares em pesquisa e desenvolvimento, segundo o CEO da Nvidia, Jen-Hsun Huang, dinheiro suficiente para ir à Marte e voltar. O resultado são produtos com muita eficiência, baixo consumo de energia e “performance irresponsável”. Será possível fazer overclock em ambas, porém não foram dados muito detalhes sobre isso.

Antes de pensar que estas placas serão os olhos da cara, lembra-se que a TITAN X, placa superada por ambas, custa hoje $1000 (entre 5 e 6 mil reais) e a GTX 980ti $650 (média de 4 mil reais). Com os preços de $379 e $599, podemos esperar que a GTX 1070 custe por volta de R$2500 e a GTX 1080 R$3500.

A principal concorrente da Nvidia, a AMD apresentará suas aparentemente equivalentes Polaris 10 e 11 apenas em 2017.

Rafael Oliveira

Rafael Oliveira faz análise de jogos, filmes e séries regularmente para o Critical Hits, além de postar notícias e artigos esporadicamente. Acha que Shadow of the Colossus é o melhor jogo já feito, é fanboy de Steins;Gate e tem um lugar especial no coração para Platformers, RPGs e Metroidvanias.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade