Microsoft joga bomba de direitos de uso no Xbox novo para os desenvolvedores

Estamos cada vez mais próximos do anúncio do novo Xbox, e com isso, mais e mais rumores aparecem por todo canto. Um que nos chamou a atenção foi o da “Gestão de Direitos Digitais”, ou mais conhecida no futuro Xbox como “Ficar Online o Tempo Todo” ou “O DVD só Vai Funcionar no Primeiro Console que Ele Rodar”. A Microsoft decidiu deixar a cargo das desenvolvedoras a maneira de gerencias esses direitos, e como os usuários poderão ser afetados também.

Para quem não sabe ainda, as empresas estão buscando novas formas de combater a pirataria, e duas delas seriam jogos que só funcionam em um console, ou manter o console sempre online, obrigando os jogadores a estarem com sua chave de jogo nos servidores da Microsoft e evitando que ele rode em outro console. Bem, são medidas um pouco polêmicas, muitas pessoas da comunidade gamer estão contra isso.

Mas, com essa medida, a Microsoft tenta tirar um pouco de si a responsabilidade e a culpa por futuros questionamentos dos jogadores. Deixando a cargo das desenvolvedoras a escolha de como fazer essa gestão de direitos digitais, podemos ter um pouco mais de preocupação com a maneira que elas utilizarão isso. Espero que elas possam também optar por não utilizar nenhuma dessas tecnologias, pois acho que isso seria bastante importante.

Ainda acho que comprar jogos usados é uma boa maneira de ter aquele jogo que você deseja e acha que está muito caro, ou simplesmente poder emprestar para seus amigos se divertirem também com um jogo que você achou muito legal. Imagina que chato você ter que falar pro seu amigo de longa data que gostou muito do novo Call Of Duty, já fechou e nem joga mais, mas que se ele quiser jogar, ele que compre o dele?

Enfim, tomara que a medida abra a cabeça deles um pouco e permita que os jogadores ainda possam revender seus jogos velhos ou emprestar para outras pessoas sem ter maiores problemas. O que vocês acham?

Deixem seus comentários!

Ryan da Costa

Ex-redator

Publicado por
Tags: DRM