InícioGamesJogador de League of Legends responsável por "Ameaça Terrorista" é solto da...

Jogador de League of Legends responsável por “Ameaça Terrorista” é solto da prisão após fiança de 500 mil dólares

terrorista

PUBLICIDADE

Muito cuidado com as besteiras que vocês vão falar na internet, ainda mais se vocês vivem num país meio que paranoico como os Estados Unidos. Justin Carter, jogador de League of Legends, de 19 anos acaba de ser liberado da prisão após ficar quatro meses preso por responder a uma provocação que o chamava de louco dizendo que ele era louco mesmo e que ia entrar em alguma creche e meter bala nas crianças.

O problema todo da resposta à provocação foi que uma mulher que viu a discussão no Facebook, tirou uma screenshot dela e denunciou a “ameaça terrorista” às autoridades. Carter acabou sendo preso e tendo a fiança estabelecida em 500 mil dólares até o seu julgamento. Esse valor, alto pra caramba, foi pago por um dador anônimo que se solidarizou com a situação do rapaz. Durante esses quatro meses de prisão, ele apanhou dos outros detentos e foi colocado em observação na solitária, pois estava com ameaça de suicídio.

PUBLICIDADE

Segundo o advogado de Carter, “a polícia não usou o discernimento nesse caso para perceber que não era uma ameaça de fato. Eles estão tão assustados com o mundo que vivemos no pós-11 de setembro que ninguém quer ser o policial que ignorou a denúncia que originou algo. Eu não culpo eles, eu também não gostaria de que houvesse um tiroteio na escola próxima à minha casa, mas uma coisa é investigar as denúncias e a outra é manter alguém preso quando está na cara que era sarcasmo”.

A mãe de Carter começou uma petição no site Change.org para liberar o rapaz das acusações, alegando que o exagero das autoridades está acabando com a vida do filho dela e dando um péssimo exemplo de como punir uma criança pode dar muito errado.

O que vocês acharam disso? Foi um exagero completo e estúpido por parte das autoridades. Vai ver se o pobre do Justin Carter tivesse colocado um “só que não” no fim das declarações dele, nada disso teria acontecido. Antes ser um babaca que fala “só que não” toda hora do que um presidiário.

PUBLICIDADE

36 COMENTÁRIOS

Comments are closed.

Eric Arraché
Eric Arrachéhttp://criticalhits.com.br
Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.