Edição de colecionador de Dead Island: Riptide gera polêmica, empresa se retrata

A edição de colecionador de Dead Island: Riptide gerou tantas respostas adversas na internet, que a Deep Silver, empresa por trás do jogo, se pronunciou no Twitter pedindo desculpas sinceras pelo ocorrido e que isso nunca mais se repetiria.

O motivo todo da polêmica pode ser visto na foto acima: um torso mutilado com um biquíni contendo a bandeira da Grã-Bretanha. A estátua de 30cm é inspirada nos bustos antigos do Império Romano e deve ter saído de alguma reunião onde todos estavam chapados para uma ideia dessas realmente ser levada adiante.

Como a empresa disse que não pretendia levar esse erro adiante, provavelmente nunca veremos uma edição desse torso sair por aqui, já que a edição foi anunciada apenas para o Reino Unido e para a Austrália.

Eu achei um exagero isso, afinal, essa estátua não é um item que vai vir em todas as versões do jogo e sim apenas nas mais caras. É bem fácil de discernir assim quem quer e quem não quer isso em casa. Eu não sei se compraria algo do tipo e deixaria exposto no meu quarto. Parece meio extremo.

E vocês, o que fariam? Colocariam um desses bem lindos na prateleira da sala ou do quarto ou passariam bem longe?

Dead Island: Riptide sai no dia 23 de abril para o PlayStation 3, PC e Xbox 360. A versão em questão é exclusiva para o Xbox 360.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade