DmC: Definitive Edition vai sair uma semana mais cedo

A edição definitiva do último jogo (talvez o último mesmo) da franquia Devil May Cry vai sair  no dia 10 de Março, ao invés de 17 de Março como anteriormente anunciado pela Capcom.

O jogo vai vir com todos os DLCs lançados para o original, além de uma bela polida nos gráficos e modelos, tudo apresentado a 60fps e 1080p por cerca de 40 obamas, um preço muito próximo ao de lançamentos para as novas gerações. O que faz sentido, já que o jogo vai sair para PlayStation 4 e Xbox One.

As vendas da versão original do jogo praticamente sepultaram a franquia. Apesar da Capcom declarar os resultados como “sólidos”, o jogo – um grande lançamento AAA com uma porrada de atenção da mídia – vendeu cerca de 1,1 milhão de cópias.

Parece que os gráficos vão ficar ainda mais bacanas;

É um bom número de vendas, se você parar pra pensar, mas é um pouco abaixo das 5 milhões de vendas esperadas pela Capcom quando distribuiu o jogo. Eu mesmo gostei bastante do DmC, mas infelizmente algumas decisões estéticas e de marketing deixaram os fãs tão putos que o título sofreu uma das maiores rejeições da própria fanbase já vistas. Somado isso ao fato da franquia ser baseada num nicho que ela mesma criou, isso não foi muito bom.

Uma das maiores reclamações dos fãs era o fato do jogo ser lento (a Ninja Theory insistiu em fazer o jogo a 30fps) e isso será corrigida nessa nova versão. Talvez seja um bom passo pra Capcom começar a se reconciliar com os fãs. Uma pena que jogo venha custando tão caro.

De qualquer maneira, torço para que esse jogo tenha um sucesso de vendas maior que a versão original e incentive a Capcom – que só pensa no dinheiro – a continuar a fazer os jogos. E eu não me importaria de jogar um DmC 2.

Tico

Redator eventual, podcaster e negro maravilhoso.

Publicado por