Desenvolvedora de Detroit e Heavy Rain é acusada de ser um ambiente tóxico de trabalho

A Quantic Dream se envolveu em uma polêmica das grandes nesse final de semana após a companhia ser acusada de ser um ambiente tóxico de trabalho.

De acordo com uma reportagem do Le Monde, cinco empregados da companhia fizeram uma reclamação formal em 2017 contra a companhia e contra um dos empregados por ele circular imagens degradantes dos colegas. Ao todo, 600 imagens photoshopadas de outros colegas teriam sido encontradas por um gerente de TI da companhia num computador de um dos empregados. As imagens envolveriam xingamentos homofóbicos e sexistas, além do uso de símbolos nazistas.

Segundo um email enviado em 27 de fevereiro de 2017 e obtido pelo Le Monde, o co-CEO da companhia, Guillaume de Fondaumière reconheceu que esses photoshops existem há anos e eram um erro. Ainda segundo o jornal, os funcionários teriam feito a reclamação com o RH não só por causa dos photoshops, mas também por causa das longas horas de trabalho, condutas sexuais indevidas nas festas da empresa e até mesmo racismo ocasional.

Além disso, David Cage foi descrito como uma pessoa não sutil por esses funcionários. Num exemplo disso, um dos funcionários disse que após Cage assistir a uma fita de uma câmera de segurança da companhia após um furto na Quantic Dream, ele teria perguntado a um funcionário, de origem da Tunísia, se o ladrão não seria primo dele.

Para completar, esses funcionários comentaram sobre o trailer de Detroit: Become Human que pode ser conferido abaixo. Segundo eles, David Cage teria sido alertado que o trailer provavelmente geraria controvérsia ao “gamificar” uma cena de abuso doméstico, mas ele teria dito que não estava interessado no feedback dessas pessoas e que não iria revisar nada.

Cage, após a publicação da matéria, emitiu um pronunciamento dizendo que ele e a Quantic Dream negam com veemência as acusações. Além dele, Guillaume de Fondaumière também emitiu um pronunciamento, dizendo que nega com categoria as declarações e que iria buscar soluções legais para processar quem ofendeu a honra dele com esses depoimentos.

Detroit: Become Human está programado para sair agora em 2018.

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Publicado por