Crackers do 3DM declaram que não vão piratear jogos pelo próximo ano

Alguns desenvolvedores sempre ficam com um certo receio ao planejar o lançamento de algum jogo para PC. Isso sempre acontece devido a pirataria, que nesta plataforma em específico, corre solta.

Entretanto, um dos grupos mais ativos dos últimos tempos declarou que não irá mais trabalhar no “crackeamento” de jogos pelo próximo ano. O objetivo é verificar se isso realmente impacta na venda de jogos, ou não.

Segundo um dos membros do 3DM, por muito tempo especulou-se que a pirataria afetava fortemente a quantidade de vendas de jogos para PC, então, chegou a hora de tirar a prova.

No ano passado, o grupo declarou também que o Denuvo, novo DRM presente em Just Cause 3 e em demais jogos da Square era muito difícil de ser quebrado, e previu que em alguns anos nós não teremos mais jogos “gratuitos” sendo disponibilizados por ai.

O assunto sempre traz a tona a velha discussão sobre a pirataria. Entretanto, com esse experimento poderemos verificar a fata dela realmente vai impulsionar a quantidade de vendas. Vale lembrar que por mais que 3DM tenha se retirado do cenário cracker, outros grupos continuarão agindo.

Cada vez mais eu acredito nas palavras dos fundadores do Pirate Bay, que previam que até 2020 o compartilhamento de conteúdo seria extinto. Será mesmo que eles tinham razão? Isso será bom ou ruim? Deixe sua opinião nos comentários.

João Víctor Sartor

João Víctor Balestrin Sartor é colaborador e sex-symbol do Critical Hits. Admirador das boas histórias, almeja de verdade escrever um livro algum dia. Divide seu tempo entre à leitura, jogatina, trabalho, engenharia e quando sobra tempo, vive.

Publicado por

Este website utiliza cookies