Categorias: E-SportsGames

Conheça OneHandFPS, um streamer de CS:GO que joga com uma mão paralisada

Já pensou como jogar é simples? Apenas duas mãos, alguma habilidade motora e enfim horas de diversão. Infelizmente para Jason, mais conhecido como OneHandFPS, as coisas não soam tão simples assim. Após um acidente coisas simples como um WASD ou um Dual Shock do dia a dia se tornaram praticamente impossíveis. Praticamente…

Em um acidente, Jason perdeu o controle da sua moto e foi arremessado por 10 metros. “Eu quebrei múltiplas vértebras, minha escapula, meu braço direito e meu braço esquero foi severamente deslocado”, diz Jason.

No total, foram necessários 9 dias de tratamento intensivo no hospital. Porém quando sua mão esquerda não começou a responder aos tratamentos, foi aonde as preocupações maiores começaram. “Após algumas avaliações, os médicos afirmaram que eu tinha lesionado alguns nervos em meu pescoço” completa Jason sobre sua recuperação. Apesar de ser possível recuperar alguns básicos movimentos segundo os médicos, seus movimentos da mão esquerda infelizmente não podem ser totalmente recuperados.

Para Jason foi uma notícia devastadora. “Os jogos são parte da minha vida. É o meu passatempo favorito. Como eu vou jogar novamente?”.

A recuperação e uma nova forma de jogar

Jason não perdeu tempo pensando como voltar a jogar. Logo descobriu que com um Razer Naga MMO Mouse – aquele com incríveis 12 botões na lateral – poderia massacrar demônios em Diablo III. Mas o lance dele mesmo era Counter Strike, e também seu maior desafio.

Após com algumas configurações para jogar apenas com o mouse, OneHandFPS experimentou o open beta de Overwatch, e após certo sucesso decidiu retomar Counter Strike como desafio, e após experimentar algumas configurações, Jason encontrou uma que lhe permitia voltar aos poucos a arrebentar em CS:GO.

Com o sucesso de suas partidas e mesmo apesar de sua deficiência, Jason conseguiu o incrível rank de Gold Nova III. A partir daí, com o incentivo de seu irmão OneHandFPS começou a streamar suas partidas e disponibilizá-las no YouTube. “Através do stream eu pude conhecer muitas pessoas, inspira-las e também contar minha história após o acidente. Falar com todas essas pessoas, falar sobre o acidente tem me ajudado muito”, conta Jason orgulhoso.

Há algumas semanas um de seus momentos de maior triunfo veio a tona, aonde em uma partida de H1Z1: King of the Kill com 150 participantes, Jason foi ao fim como um dos últimos dois sobreviventes e com uma boa estratégia e sua mira letal. A sua reação é impagável. Confira:

E este é só o início, levando em consideração que o acidente ocorreu há menos de um ano. Será que em breve teremos categorias de deficientes em eSpors? Tudo é possível, afinal, com o exemplo de Jason sabemos que os jogos são para todos.
E em seu próximo desafio OneHandFPS quer fechar DarkSouls jogando com apenas uma mão. Essa nós esperamos ansiosos para assistir, pois competência para o ato ele tem de sobra.

Este website utiliza cookies