Conheça o Jump, uma espécie de Netflix de jogos somente com jogos indie

Serviços de assinatura de jogos inspirados no Netflix já existem há algum tempo, mas poucos deles chegaram a decolar exatamente, seja por problemas como ser horrível jogar via streaming, seja pelo catálogo de jogos não ser exatamente atraente. Se você gosta de jogos indie, entretanto, hoje temos uma novidade interessante para você: o Jump.

O Jump é um serviço que se auto-intitula como um Netflix dos games indie. A ideia é que o assinante pague 10 dólares por mês e tenha direito a uma biblioteca de mais de 60 jogos indie premiados.

Segundo Anthony Palma, um dos criadores do serviço, a ideia é oferecer categorias bem específicas para que os jogadores descubram novos jogos, afinal de contas, um dos principais problemas atuais dos desenvolvedores indie é esse: ser descoberto pelos fãs.

“Pense no serviço como um Netflix. Você entra nele e escolhe categorias bem específicas, como filme independentes de horror com protagonistas femininas fortes. Isso é o que nós queremos fazer. Para isso, nós vamos oferecer jogos que os assinantes gostem, mas também teremos um serviço de redescoberta de jogos, então, se o seu jogo foi lançado há um ano e recebeu uma atualização recente, ele pode acabar indo pro topo da lista novamente por causa disso”, disse Palma ao Gamasutra.

Para completar, o pessoal da Jump garantiu que jogos ruins não entrarão no sistema, e que ele será um serviço com um rígido controle de qualidade, afinal de contas, o que mais tem por aí é jogo indie que não presta.

O Jump ainda não tem uma data específica de lançamento, mas a ideia é que ele estreie nesse inverno.

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Publicado por
Tags: Jump