Coldzera faturou mais de 1 milhão de reais apenas em campeonatos de CS:GO em 2016

O mundo dos jogadores de eSports ainda está dando seus passos iniciais como um todo. Pouca gente sabe quanto realmente ganha um profissional da área, mas, se formos analisar apenas quanto cada um dos principais jogadores de CS:GO daqui do Brasil recebeu, digamos que eles se saíram bem melhor em 2016 do que no ano anterior.

Fazendo uma busca rápida no site E-Sports Earnings, podemos verificar que Marcelo Coldzera, por exemplo, multiplicou em mais de 14 vezes os ganhos dele em 2016 em relação ao ano anterior. Se compararmos o desempenho dele de 2014 com 2016 então, o número fica ainda mais absurdo: 28.586 vezes. Sim, você leu certo.

De acordo com o site, Coldzera ganhou nada menos do que 366.194 dólares em 2016 em premiações, o que dá facilmente mais de um milhão de reais em prêmios (ainda mais se levarmos em consideração que o dólar ficou em 3,30~3,50 na maior parte do ano passado) apenas em 2016, ganhados durante 19 torneios.

Dentre os principais prêmios em dinheiro recebidos pelo jogador, temos as primeiras colocações nos campeonatos MLG Major Championship: Columbus e ESL One: Cologne 2016, onde cada um rendeu ao jogador (e ao resto da equipe) 100 mil dólares em prêmios.

Obviamente, se pegarmos os colegas dele da SK Gaming, também notaremos esse crescimento exponencial em prêmios coletados no ano passado, mas como Coldzera ganhou o prêmio de jogador do ano na The Game Awards do ano passado, decidimos usá-lo como o destaque para a matéria.

Vale ressaltar, novamente, que esses valores mostrados no site não englobam coisas como imposto de renda, taxas de empresário, despesas de treinamento, hospedagem, viagem, e muitos etcs, além de patrocínios recebidos pelo jogador, então o número final pode muito bem ser maior do que o mostrado aqui.

Tá pagando bem ser profissional de eSports, não é mesmo?

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Publicado por
Tags: Coldzera

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade