[BGS 2013] Testamos Ryse: Son of Rome

A Microsoft apostou alto em títulos AAA no lançamento do Xbox One, mas não mais do que em Ryse: Son of Rome, que promete ser para o novo console dela o que Gears of War foi para o Xbox 360 e Halo para o Xbox original. Será que o jogo consegue?

Apelidado de God of War da Microsoft pelos Sonystas, o jogo na verdade não é nem um pouco parecido com a franquia da Sony. A princípio, a melhor referência que eu lembrei nele foi Dark Souls, apesar de algumas diferenças de jogabilidade, como a falta de um auto-aim (ou pelo menos a falta de um tutorial no hands on curto que eu tive) e a falta de corrida.

O demo do jogo mostrado aqui na BGS foi dentro de um coliseu, onde você é um gladiador que tem que desempenhar várias funções, como destruir catapultas, provar seu valor matando outros adversários etc. No geral, o que deu para notar foi que o modo é interessante, porém não é nada demais, nada que vá fazer a boca de alguém cair.

Os gráficos do jogo são belos, mas o salto de qualidade em relação ao Xbox 360, pelo menos dentro do coliseu, não foram tão grandes assim. Algo que deu para notar, pelo menos, é que a movimentação é extremamente fluída, e não há queda no framerate, apesar dessa mencionada falta de queda de boca.

Um problema que eu enfrentei durante o demo foi que o jogo acabou travando enquanto carregava, me jogando de volta à dashboard do Xbox One. Pelo que deu para notar nela (enquanto eu tentava chamar algum tiozinho da Microsoft para resolver meu problema), a Dash é exatamente igual à do Xbox 360, exceto pela falta da porrada de anúncios que a Dash do console atual tem.

Apesar desses problemas, algo que eu não enfrentei durante o demo todo foram os temidos QTEs que povoaram a demonstração inicial do jogo. Aliás, até havia um que outro, mas nada obrigatório, e eu errei todos.

No mais, o demo pareceu um tanto incompleto para falar a verdade, os menus não respondiam direito, o que parece que essa versão não está tão concluída assim quanto deveria, ainda mais faltando tão pouco para o lançamento do console.

Eu realmente espero que o jogo final seja melhor do que eu vi, e que a campanha seja mais interessante do que o modo gladiador. Aliás, eu espero que o modo gladiador seja melhor do que ele foi mostrado aqui.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade