Assoprar cartuchos fazia mal para eles, diz estudo

Você lembra aquela regra universal dos cartuchos “assopra que funciona”? Ela não era tão verdadeira assim. Pior, ela contribuía para que os cartuchos estragassem bem mais rápido. “Mas funcionava!”, você acabou de pensar e apontar um dedo imaginário para mim. Sim, funcionava, mas não pelo motivo que você acha que era.

Segundo esse post do Mental_Floss, o problema não estava no cartucho e sim no conector do console. Ao tirar e colocar o cartucho novamente, ele se acomodava de outra forma e aí sim funcionava. Tanto que, muitas vezes, a gente precisava assoprar mais de uma vez para funcionar, inclusive assoprando o próprio console e quase morrendo de rinite depois. Ou pior, assoprar enchia o cartucho de baba e essa baba fazia as conexões funcionarem como não funcionavam antes, mas se você tem mais de três anos, sabe que misturar água e eletricidade não é uma ideia muito inteligente.

O pior de tudo é que assoprar cartuchos ajudava a corroer os conectores, diminuindo bastante a vida útil deles. Num teste feito com dois cartuchos de NES, um sendo assoprado diariamente, por 30 dias, e outro sem ter contato com bafo, babinhas e afins, dá pra ver bem o que acontece.

E então, vai continuar assoprando seus cartuchos? Eu ainda fazia isso no meu DS quando eles resolviam não funcionar, já que tirar e colocar novamente não resolvia o problema, então, certamente tem alguma bruxaria envolvida no processo.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade