Assassin’s Creed 4 – Ubisoft justifica a quantidade de títulos

Não é novidade pra ninguém que Ubisoft lança um Assassin’s Creed por ano. Alem dela, outras empresas do ramo fazem coisa parecida com outros jogos, como Call of Duty que sempre é lançado anualmente. O problema é que por se tratar de um jogo com uma história linear e entrelaçada com os títulos anteriores, alguns fãs ficam preocupados com a qualidade final dos próximos lançamentos, pois como diria um amigo meu, toda mina seca um dia.

Pra tentar acalmar esses fãs, o diretor criativo da franquia, Jean Guesdon deu uma entrevista recentemente afirmando que os títulos já lançados foram relevantes e que influenciaram diretamente Assassins’s Creed 4: Black Flag. Guesdon também disse que o seu trabalho é surpreender os players com algo novo em todo lançamento, trazendo novas ideias mas mantendo a essência da coisa. Deve ser por isso que nos jogos da franquia existem mais coisas pra fazer fora da quest principal do que qualquer outra coisa.

Quando questionado sobre o promissor Watch Dogs e se a Ubisoft teme pelo sucesso do jogo devido ao lançamento de GTA 5, Guesdon respondeu que está realmente excitado com ambos os jogos devido ao fato de que eles trazem um universo novo e diferente, mas que acredita o trabalho que está fazendo e muito diferente do que se vê por ai.

Eu não gosto muito de jogos que ficam te obrigado a coletar centenas de baboseiras espalhadas pelo mapa, ou que tenta te prender com a falsa sensação de que se você achar todos os itens escondidos o jogo realmente estará completo. Não gosto disso por que muitas empresas parecem que gostam de colocar isso pra tapar um buraco no jogo ou pra dizer que o game necessita de mais horas para ser finalizado. Se Watch Dogs e Assassin’s Creed seguirem mais o exemplo de jogos como GTA 5, acho que estarão no caminho certo para o sucesso.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade