Alguém tentou roubar a demo da E3 de Zelda: Breath of the Wild

The Legend of Zelda: Breath of the Wild foi um dos maiores nomes da E3 deste ano, e a história abaixo que envolve este projeto é provavelmente a mais interessante do evento inteiro.

De acordo com o Kotaku, um “desenvolvedor de 17 anos” tentou roubar a demo de Zelda na E3 ao transferir o código de um dos demo pods a um PC. Essa história foi confirmada pelo famoso hacker NWPlayer123, além de A.W. Chadwick, criador do TCP Gecko — a ferramenta usada para instigar o roubo. O programa, de acordo com Chadwick, basicamente força o Wii U para acessar uma URL que “engana” o sistema a executar uma rotina não autorizada e então se abrir para fazer “quase qualquer coisa”.

Um número de obstáculos fez esse trabalho ser quase impossível (Os Wii U do local não eram iguais aos vendidos, e não estavam conectados à internet), mas eles não iam desistir. Supostamente, o culpado recebeu ajuda do NWPlayer123 para contornar esses problemas, mas ainda assim, todas as unidades da demo estavam reservadas no último depois depois que um pedaço do código modificado foi adquirido. O indivíduo quase teve sucesso no segundo dia também, mas ele “copiou os arquivos errados.”

O desenvolvedor do TCP Gecko disse que esse evento era possível de ser feito dados os parâmetros certos, e poderia realmente ter acontecido.

Outras demos da Nintendo na E3 já foram vazadas no passado, então não seria a primeira vez que isso aconteceria.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade