Adaptação de Resident Evil 5 para Nintendo 3DS inspirou a criação de Resident Evil: Revelations

Em entrevista a “Iwata Asks”, a equipe de desenvolvimento de Resident Evil: Revelations falou sobre o processo de criação do jogo e sobre a influência que Resident Evil 5 e Resident Evil: The Mercenaries 3D tiveram sobre o título.

“O que iniciou o processo de desenvolvimento do spin-off de RE: The Mercenaries 3D foi que precisávamos rodar algum jogo no 3DS, então pegamos o RE5 e o adaptamos para o portátil. O impacto do resultado foi muito além do que esperávamos” disse Koshi Nakanishi, membro da equipe da Capcom. Masachicka Kawata adicionou: “Então pensamos, ‘podemos criar um novo produto a partir disso’. Deixando de lado as dificuldades para desenvolver essa adaptação e o novo projeto, somente a experiência que adquiriríamos seria suficiente. E sobre os controles, nós fomos capazes de realizar mudanças de acordo com os feedbacks dos jogadores”.

“Ao desenvolver Mercenaries primeiro, fomos capazes de definir as capacidades que o portátil tinha. E em termos de desafio de desenvolvimento, acredito que Mercenaries é o jogo que está exigindo mais do console, falando em termos de hardware”.

Segundo Nakanishi “a equipe de RE: Revelations já adquiriu experiência ao desenvolver Mercenaries 3D, então estavam em sua ‘segunda volta’ de desenvolvimento, o que permitiu que todo o processo fluísse muito melhor. Conseguimos bons feedbacks a partir de RE: Mercenaries 3D, principalmente dos jogadores”.

A equipe da Capcom também conversou sobre criar um jogo assustador e disse que não é nada fácil. Nakanishi explicou que “às vezes pensamos: ‘Ãhn? Essa parte é mesmo assustadora?’ E realizamos testes dentro da produtora. Quando vejo as pessoas jogando com a palma da mão suada, sei que aquela parte realmente é assustadora. Mas gerar medo é difícil. Resident Evil te surpreende mais ou menos como uma casa mal-assombrada, pois mesmo que as pessoas estejam vendo as mesmas coisas, têm algumas que se assustam e outras não”.

Resident Evil possui uma história que pode se expandir como poucas franquias do mundo dos videogames. Podemos contar histórias de mercenários, dos personagens principais ou de outras pessoas que sobreviveram ao desastre genético que ocorreu na série. Isso abre muitas possibilidades, inclusive para todas as plataformas disponíveis oferecerem o que tem de diferente para criar uma jogabilidade única e novas experiências de jogo.

Sobre a adaptação de RE5 para o portátil da Nintendo, acham que foi um feito muito grande? E quem jogou um dos games mencionados no texto, o que achou? São bons? Ruins? Deixem seu feedback por aqui também!

Ryan da Costa

Ex-redator

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade