Categorias: Cinema e TV

Reality show de sobrevivência na Rússia causa polêmica ao permitir assassinatos e estupros no programa

Reality Shows costumam ter várias regras rígidas, como a proibição de você confrontar os colegas de programa fisicamente, mas um programa da Rússia está causando polêmicas ao dizer que as regras basicamente são que não há regras, e que você pode fazer o que bem entender nele.

No programa, chamado de Game2: Winter, 30 russos, 15 homens e 15 mulheres, vão conviver juntos durante 9 meses num local que chega a fazer -40 graus célsius e disputar o prêmio final de 1,3 milhão de euros, o que dá mais de 5 milhões de reais em valores convertidos.

“Tudo é permitido. Lutas, álcool, assassinato, estupro, fumar, qualquer coisa”, diz a norma. O organizador do reality, Yevgeny Pyatkovsky, 35 anos, contou que “qualquer reivindicação dos jogadores será ignorada, mesmo se forem assassinados ou estuprados.”

Making winter shed in a forest

Vale ressaltar, entretanto, que todos os participantes do programa são sujeitos às leis da Federação Russa, ou seja, os produtores do programa não vão impedir que crimes sejam cometidos diante das câmeras, mas quem cometê-los, terá que pagar por eles perante a sociedade.

Outro perigo pelo qual os participantes terão que passar, além dos colegas de programa, é a vida selvagem de onde ele vai se passar. Como eles estarão numa região pouco habitada pelo homem, lobos e ursos serão uma ameaça real aos participantes.

Ao todo, mais de 2 mil câmeras farão a transmissão do programa pela internet.

Este website utiliza cookies