Produtores de Game of Thrones explicam a mudança brusca de Daenerys

O penúltimo episódio da ultima temporada de Game of Thrones trouxe para as telas uma drástica mudança no comportamento de Daenerys Targaryen, e os produtores David Benioff e DB Weiss explicaram o porquê em episódio de Inside the Episode.

ATENÇÃO: SPOILERS DE GAME OF THRONES ABAIXO

Mesmo com a rendição do exército Lannister e os sinos sendo tocados anunciado a derrota de Porto Real pelas forças de Daenerys, a Mãe dos Dragões resolveu tocar o terror e destruir a cidade mesmo assim.

O episódio começa com a execução de Varys por traição, com Drogon sendo responsável pelo cumprimento da sentença. A violência com um antigo aliado é um dos primeiros sinais que a Quebradora de Correntes decidiu que conquistará pelo medo.

Os fãs da série não curtiram muito a mudança, mas os produtores D&D apontaram que essa mudança não é de hoje.

“Existe algo assustador sobre a maneira que Dany reagiu a morte de seus inimigos,” disse Benioff. “Mesmo quando você volta para a primeira temporada quando Khal Drogo dá a coroa de ouro para Viserys e a reação dela vendo a cabeça de seu irmão derretendo. Ele era um irmão terrível, então eu não acho que ninguém chorou quando Viserys morreu, mas…”

Weiss adiciona que não vê a destruição de Porto Real como algo planejado na cabeça de Daenerys, mas sim algo que surgiu de dentro para fora.

“Eu não acho que ela decidiu antes que iria fazer o que fez. Então ela vê a Fortaleza Vermelha, que é o lar que a família dela construiu quando eles vieram para esse continente 300 anos atrás. É nesse momento que ela olha para o símbolo de tudo que foi tirado dela, quando ela decide transformar numa questão pessoal,” disse Weiss.

“Se Cersei não tivesse traído ela, se Cersei não tivesse executado Missandei, se Jon não tivesse contado a verdade a ela… se qualquer uma dessas coisas acontecesse de um jeito diferente, eu não acho que veríamos esse lado de Daenerys Targaryen.”

Será que somente com essas explicações os fãs engolem essa explicação?

Tico

Redator eventual, podcaster e negro maravilhoso.

Este website utiliza cookies