Entenda o final de WandaVision

WandaVision pegou quase todo mundo de surpresa com sua história, recheada de intrigas, mistérios e reviravoltas e agora chegou ao final. E mesmo com um season finale fechadinho, apresentado na última sexta-feira, 05/03, foram tantas informações que vale a pena descompactar tudo.

Vamos analisar o que aconteceu no final de WandaVision e o que isso pode significar para o Universo Cinematográfico Marvel (MCU) daqui pra frente.

Obviamente, SPOILERS DE WANDAVISION DO INÍCIO AO FINAL ABAIXO.

Wanda se transforma na Feiticeira Escarlate

Apesar dessa ser a personagem dos quadrinhos, a Wanda Maximoff do MCU nunca foi chamada como Feiticeira Escarlate, assim como alguns outros personagens nunca tiveram seus nomes de heróis/vilões.

No episódio 8, Agatha Harkness (Agnes!) revelou que Wanda era a lendária Feiticeira Escarlate, uma bruxa extremamente poderosa que pode utilizar magia do caos sem pensar.

No episódio final, Wanda finalmente abraça todos os seus poderes e se tornar a tal Feiticeira Escarlate, com direito a um novo uniforme, uma modernização do visual dos quadrinhos. E o resultado é absolutamente fantástico.

O visual é uma das únicas coisas que temos certeza, porém. Não sabemos da extensão dos poderes de Wanda… Mas nem ela sabe, na verdade.

Ela está mais poderosa do que nunca, sendo capaz de criar as runas que neutralizam a magia de outras bruxas, coloca a poderosa Agatha na ilusão de Agnes novamente e desativa o “Hex” ao redor de Westview.

Mas na cena pós-créditos, ela parece estar se empenhando em aprender. Wanda parece estar em algum lugar isolado, tendo uma vida simples numa cabana… Enquanto uma projeção astral da Feiticeira Escarlate aparece estudando o Darkhold.

Stephen Strange, o Dr. Estranho, já utilizou essa técnica para estudar enquanto o seu corpo dormia, mas como já sabemos que a Feiticeira Escarlate é mais poderosa que o Mago Supremo, não sabemos onde isso vai parar.

O que é o Darkhold

Um dos artefatos mágicos mais poderosos dos quadrinhos Marvel, o Darkhold é um livro escrito por Chthon, o primeiro bruxo praticante de magia sombria um Deus Ancião.

Esse Darkhold é o livro que Agatha usa na série enquanto descreve Wanda e também na cena pós-créditos supracitada.

Westview volta ao normal…

Durante a batalha entre as duas feiticeiras, Agatha libera alguns residentes de Westview do controle mental de Wanda, que é obrigada a enfrentar o que ela fez com os moradores da cidade em sua busca por uma ilusão perfeita.

Enquanto Wanda tenta racionalizar as próprias decisões, os desesperados vizinhos revelam que Wanda estava  projetando sua dor e pesadelo nas consciências aprisionadas, torturando-os ainda mais.

“Dottie” chega até mesmo a pedir para que Wanda utilize a filha na “série” Wandavision para que ela possa vê-la.

Apesar de inicialmente sufocar os moradores com sua mágica, Wanda recobra a consciência e começa a diminuir o Hex, liberando as pessoas do controle mental.

Confusas e com raiva, os moradores de Westview parecem ainda ressentir (justificadamente) Wanda, que se retrai para a própria casa e desfazer o final da ilusão.

…Menos Agatha

Uma moradora de Westview não vai retornar ao normal, porém. Após derrotar Agatha com as runas, Wanda coloca a vilã sob controle mental e a retorna ao papel de Agnes, a vizinha enxerida.

Esse é certamente um destino pior que a prisão comum, já que ela estará constantemente “torturada” dentro de si mesma, sendo obrigada a incorporar um personagem. Mas também é sinal de que veremos mais de Agatha no MCU.

Nos quadrinhos, Agatha Harkness também é uma bruxa anciã, mas tem uma posição de mentora de Wand, sendo responsável pelo desenvolvimento dela como Feiticeira.

Vemos um pouco dessa dinâmica de “mestre e aluna” na série, com Agatha ensinando sem querer para Wanda sobre como funcionam as runas.

Enquanto Agatha implora para Wanda não aprisioná-la como Agnes e diz que ela não sabe o que ela “soltou” no mundo após se tornar a Feiticeira Escarlate, Wanda afirma que saberia onde a encontrar se precisasse de mais conhecimentos.

O fim dos filhos de Wanda ..?

Como produtos do Hex, os jovens Billy e Thommy tinham seus futuros atrelados à ilusão. Ao decidir que a ilusão desapareceria, Wanda aceito que isso também levaria ao fim dos próprios filhos.

Em uma das cenas mais emocionantes em todo MCU, vimos Wanda e Vision se despedindo dos filhos, colocando-os para dormi uma última vez, enquanto o brilho vermelho do Hex diminuindo iluminava as janelas do quarto.

A criação dos jovens, entretanto, não é 100% obra de Wanda. Ao se despedir, Wanda agradece aos meninos por terem a escolhido como mãe, o que indica que eles são construtos de alguma outra força… Seja lá qual!

Também na segunda cena pós-crédito, a última coisa que ouvimos são os gritos de pedido de ajuda dos dois jovens, enquanto Wanda lê o Darkhold.

Isso pode indicar que ela está estudando jeitos de reaver os seus filhos imaginários. O que já aconteceu nos quadrinhos é um ponto que provavelmente vai ligar Wanda com o próximo filme do Dr. Estranho, Multiverso da Loucura.

Visão Branco

Uma das surpresas que pegaram todos desprevenidos foi o fato de Wanda não ter roubado o Visão, e sim ter criado um do zero com os fragmentos da Jóia da Mente que vivem dentro dela.

O corpo original de Visão foi reconstruído pela S.W.O.R.D., que utilizou da energia de Wanda para ligá-lo, e reprogramado para destruir o Visão criado pela Feiticeira.

A batalha do Visão Branco da S.W.O.R.D contra a recriação de Wanda é física inicialmente, mas a inteligência filosófica do Visão recriado aparece para resolver o conflito.

O confronto deixa de ser entre socos e lasers e passa a ser filosófico, numa reviravolta ainda mais surpreendente que o próprio Visão Branco.

Os dois conversam sobre o Navio de Teseu, um experimento de ideias que fala sobre identidade e significado, e o que faz uma coisa ser ela mesma.

Afinal de contas, o Visão recriado não é verdadeiramente o Visão, sendo apenas um construto sem nada da matéria orgânica do original e sem memórias do passado. Já o Visão Branco é composto do mesmo material do sintezóide original, mas com todas as memórias descontextualizada em forma de dados.

A conversa serve para que Visão Branco aceite que o Visão recriado restaure as memórias que haviam sido desligadas na reprogramação feitas pela S.W.O.R.D.

O resultado é o Visão Branco se tornando novamente o Visão original e imediatamente indo embora resolver sua identidade resgatada.

A destruição do Visão de Westview

Com o Visão original restaurado, o Visão de Westview ainda precisava resolver a própria história.

Esse Visão é um construto de carne e sangue criado pelo poder de Wanda, causado pelo luto e memórias dela, nascido dos fragmentos da Jóia da Mente que vivem dentro da Maximoff.

O Visão recriado representa a esperança, tristeza e, principalmente, o amor de Wanda.

Dessa forma, assim como os jovens Thommy e Billy, a existência dele estava atrelado ao Hex e ele deixaria de existir assim que a barreira mágica fosse desfeita.

Apesar disso, o Visão de Westview não enfrenta a própria “desexistência” com tristeza ou medo. Sendo uma voz sem corpo, um sintezoide de carbono e depois uma recriação do amor dos dois, esse Visão tem todas as razões para acreditar que essa despedida não será a última.

Monica, Skrulls e tudo mais

Apesar dos episódios serem curtos e a da história ser bem fechadinha, tivemos espaço para o nascimento de mais uma heroína do MCU. Monica Rambeau não apareceu muito, mas se colocou na frente dos filhos de Wanda para protege-los de tiros feitos pelo diretor da S.W.O.R.D. Tyler Hayward.

Ela então descobriu ser capaz de passar por objetos e influenciar a energia cinética deles, fazendo com que os disparos se tornassem inofensivos.

Esses poderes foram imbuídos no corpo de Monica quando ela rompeu a barreira do Hex na base da força de vontade. É uma que parece semelhante à mudança de densidade do próprio Visão, inclusive, que Wanda conseguiu recriar no Visão de Westview.

Durante a primeira cena pós-créditos, Monica é solicitada em uma sala do cinema local por um dos investigadores da S.W.O.R.D.. Chegando lá, ela descobre que a investigadora é uma Skrull disfarçada, dizendo que um amigo da mãe de Monica, Maria, estava no espaço e gostaria de uma conversa.

Maria era amiga de Carol Danvers, a Capitã Marvel, e esse amigo espacial provavelmente é Nick Fury.

Há um ressentimento claro em Monica em relação a Carol e ela certamente se tornará uma personagem importante em Capitã Marvel 2, mas quem sabe exista algo ainda maior para a personagem na organização que Nick Fury criou com o Skrull Talos?

E aquele Mercúrio Falso?

Uma das trolladas mais violentas da Marvel de todos os tempos foi ter escalado o ator Evan Peters para “reprisar” o Mercúrio em WandaVision.

Evan Peters foi o Mercúrio no universo X-Men da Fox e isso fez com que os fãs do MCU confabulassem sobre a aparição dos Mutantes no Universo Cinematográfico da Marvel.

Mas foi apenas um desvio de atenção, feito para a nova geração de fãs que examinam cada detalhes, criam teorias e desvendam o final das séries muito antes de acontecer.

O Pietro Falso era um homem aleatório de Westview, Ralph Bohner, que Agatha controlou com um feitiço porque conseguir o corpo do verdadeiro Pietro para sacanear a Wanda seria logisticamente impossível.

Era esse “Ralph” que era o marido-piada de Agnes durante os eventos de WandaVision, inclusive… Mas nada além disso. Por enquanto.

Porém, o fato do falso também ter supervelocidade  revela que o poder do Pietro original também pode ter sido uma manifestação da magia do caos de Wanda.

O Futuro de Wanda

Wanda já havia sido confirmada como um personagem importante de Dr. Estranho no Multiverso da Loucura, mas não sabíamos como ela entraria na história. Até Vingadores Ultimato eles sequer haviam se conhecido.

Mas uma vez que a segunda cena pós-crédito revelou que Wanda vai explorar seus poderes, sem duvida nenhuma ela acabará esbarrando no Mago Supremo.

Nos quadrinhos, Stephen Strange foi o mentor de vários usuários de magia e esse posto certamente lhe caberia com Wanda. Mas como a Feiticeira Escarlate parece que buscou outras formas de conhecimento, é possível que o encontro dos dois seja controverso.

Afinal de contas, Wanda está literalmente com o “Livro dos Pecados” e ouvindo o chamar de crianças que sequer deveriam existir fora do Hex de Westview.

Talvez o Dr. Estranho queira ajudar Wanda, mas veja o uso do Darkhold como um problema… Não sabemos.

O que sabemos é que a Fase 4 do MCU terá Wanda como uma das principais forças motoras.

 

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade