Sound Test: Spec Ops: The Line

Olá amigo gamer! Depois de um período de recesso aqui no sound test, eu voltei em grande estilo. Hoje trago para vocês uma trilha sonora Hollywoodiana que vai entorpecer seus ouvidos . Isso mesmo! Depois de vários indies, chegou a hora de um game AAA produzido por um grande estúdio gringo ter sua trilha sonora discutida aqui. Spec Ops: The Line é um game cover and shoot produzido pela 2K e lançado em 2012 para XBOX, PS3 e PC. O estúdio é conhecido por títulos arrasa-quarteirão como BioShock, Borderlands e a série XCOM.

Apesar de Spec Ops ser um AAA ele acaba transcendendo essa classificação porque assume riscos que os grandes jogos buscam evitar a todo custo. Nesse game temos cenas fortes de violência, decisões morais controversas e relações humanas reais. O game é interesante porque ultrapassa o óbivo dos jogos de ação, faz com que o  jogador reflita sobre a violência na industria de games e nos enfia goela abaixo boas doses de culpa. Se você quiser saber mais sobre o game pode dar uma olhada no ótimo review do Tico postado aqui no Critical Hits.

Uma coisa ainda rara no mundo dos games é o uso de músicas famosas para compor sua trilha sonora e embalar o jogo em grandes hits. Esse fato é um pouco nebuloso uma vez que a industria de games é tão robusta quanto a do cinema e afins. Bons exemplos de games que usaram músicas de artistas famosos são Fifa, Tony Hawk’s Pro Skater, Battlefield Vietnam, além dos óbivios guitar heroes da vida. (menção honrosa à Saints Row IV por tocar I don’t wanna miss a thing do Aerosmith durante o prólogo). De modo geral, são poucos exemplos que podem ser dados sobre esse tema, porém é muito importante lembrar que existem os jogos AAA que contam com produções originais e exclusivas como é o caso de Assassins Creed, Skyrim e outros.

A relevancia da trilha sonora em um game é inquestionável, ela é a responsável muitas vezes em nos ligar emocionalmente ao game, fazendo que o jogador se sinta ainda mais imerso no universo criado. A trilha sonora de um game pode não ser tão importante como a codificação ou design, mas tem um papel muito importante para obra como um todo e não pode passar desapercibida

Para essa tarefa musical nada simples, o astro do rock Josh Homme do Queens of the Stone Age foi o escolhido para selecionar quais faixas entrariam na trilha sonora de Spec Ops: The Line. Foram escolhidas por Josh um total de 13 musicas. Entre os nomes selecionados por Josh temos nomes como Bob Marley, Deep Purple e a lenda do rock Jimi Hendrix. Isso mesmo, existe um game que toca musica do Jimi Hendrix! Vale lembrar que na análise de hoje eu estou levando em conta apenas as músicas que estão na trilha sonora oficial do jogo e podem ser conferidas no link do próprio estúdio aqui. Além das musicas que estão na ost, o game também tem algumas faixas exclusivas e outras musicas não mencionadas pela 2K, mas essas não serão comentadas aqui.

Chega de enrolação, vamos as músicas. Para começar nossa lista das faixas que mais me chamaram a atenção, vou começar com a musica da banda de rock psicodélico Black Angels. Me lembro que o jogo me ganhou de cara quando soltou a musica Bad Vibrations no meio do primeiro tiroteio maluco logo no começo do game. Depois desse momento tive certeza que Spec Ops: The Line seria uma das melhores experiencias que tive com jogos de ação. Essa faixa se encaixa muito bem no game porque é bem psicodélica e pesada e faz com que você entre no clima ideal para massacrar centenas de inimigos. Essa faixa pode ser escutada em vários momentos do game e é inegaval como ela uma musica como essa pode colocar o jogador num clima de entorpecência e confusão.

Você pode escutar a Bad Vibrations do Black Angels ai em baixo. Feche os olhos e sinta a viagem.

O jogo é carregado de bons momentos, cut-scenes cheias de tensão e ação holywoodiada, bem como dialogos engraçados e situações obscuras. Para embalar esses momentos que fazem do jogo um must-play, Josh meteu umas musicas da banda de post-rock Mogwai, e, para os momentos de mais testosterona você pode ouvir ao clássico do Deep Purple Hush enquanto você mata, corre e mata mais. Para equilibrar o desgaste emocional durante o jogo, você pode ouvir Bad Boys do Bob Marley em um momento de descontração mais para o final do jogo. Sempre bom ouvir um reggae antes de entrar na parte final de um jogo e também para dar um tempo do jogador respirar. Escute ai essas três faixas imperdiveis que estão na ost do game.

Além desses artistas citados anteriormente, a trilha sonora conta com musicas de Giuseppe Verdi, um compositor de óperas Italiano, a banda de stoner rock Black Mountain e a esquisitinha islândesa Bjork. Aparece também nos créditos da trilha sonora a musica Quick Silver, executada pela banda Briton. O problema é que ninguém sabe que raios de música é essa. Não tem em lugar nenhum da internet. Confia em mim, eu procurei e nem o reddit soube me responder que musica é essa. Fica aqui registrado um ponto negativo dessa excelente trilha sonora que não dá mais detalhes sobre essa faixa.


De modo geral, o ponto alto dessa trilha sonora é o deus do rock Jimi Hendrix com duas faixas.

A primeira que você ouve é Star Spangled Banner (live). Sim, essa é aquele que Jimi Hendrix toca no Woodstock e vira um dos ícones da rebeldia hippie norte-americana. A outra é a 1983 A Merman I Should Turn to Be, uma grande musica do sr. Hendrix. Faixa bem viajante, com muito efeito na guitarra e eco na voz. É uma música longa, mas a parte final é sem dúvida o que transforma essa faixa em um clássico. É visceral, psicodélico e puro extrato de rock dos anos 70. Não pense duas vezes antes de apertar o play nessas duas faixas que todo ser humano deveira ouvir antes de morrer.

Para finalizar a análise dessa grande trilha sonora, separei a musica que mais me surpreendeu nesse jogo. Lá para o final do game, em um dos tiroteios, de repende começa a tocar nada mais nada menos que Nowhere to Run da Martha Reeves and The Vandellas, um dos clássicos da Mowtown e que foi um grande hit no ano de 1965. A explicação de porque essa música é boa é facil. Em conjunto com Martha Reeves, essa faixa foi gravada pelos Funk Brothers, que são a pedra angular de todo o som da Mowtown.

Você poderia achar que essa música não se conecta muito bem ao ambiente obscuro do game, mas essa faixa já foi explorada como pano de fundo para outras histórias envolvendo os horrores da guerra. O uso dessa faixa pode ser explicado com o uso ambiguo da letra e também pela forte conexão com o ano de 1965, que foi o inicio da guerra do Vietnam. Essa faixa pode ser ouvida na trilha sonora do filme Good Morning Vietnan e no game Battlefield Vietnan. Recomendo ambos.

Por hoje é isso pessoal. Espero que tenham gostado dessa trilha sonora e que tenham a curiosidade de jogar esse belo game. Você pode encontrar o game aqui. Eu recomendo que coloque na sua wishlist e espere a primeira promoção para adquirir seu exemplar. Se quiser ouvir a trilha completa clique aqui.

Para críticas, sugestões e opiniões, deixe seu comentário ou me procure no Twitter. Valeu e até a próxima!

Gosta do nosso site? Siga-nos nas redes sociais!
Rodrigo Roman

Rodrigo R. Roman é nosso colaborador e escreve principalmente sobre trilhas sonoras e jogos de PC, além de ser nosso Rique favorito. Participante eventual do Critical Cast e dono do canal Siga Bem, Amigo Gamer, Rique ainda trabalha na Chamex e é disparado o melhor passador de guarda do site.

Posts Recentes

Afinal, por que Obito Uchiha não despertou o Rinne Sharingan após se tornar o Jinchuuriki da Juubi em Naruto Shippuden?

O Rinne Sharingan é uma dojutsu Kekkei Mora, a versão original e abrangente do Sharingan, despertado na testa de Kaguya,…

14 minutos atrás

Fã de My Hero Academia reproduz a heróina Nejire Hado em incrível cosplay

A quarta temporada de My Hero Academia, que estrou no último sábado (12), está sendo muito aguarda pelos fãs principalmente…

1 hora atrás

Fortnite recebe atualização no áudio que torna a audição em fones de ouvido mais precisa

Além de receber vários novos desafios, veículos e um mapa completamente novo, o sistema de áudio de Fortnite também está…

1 hora atrás

Esta é a habilidade mais apelona de Minato Namikaze em Naruto Shippuden

Minato Namikaze foi possivelmente o maior prodígio de Konoha, superando até mesmo os Uchiha com seus Sharingans e habilidades especiais.…

2 horas atrás

Novo episódio de My Hero Academia mostra uma inesperada vantagem na aposentadoria de All Might

A quarta temporada do anime de My Hero Academia finalmente estrou no último sábado (12) com um episódio um pouco…

3 horas atrás

Novo evento de Halloween de Overwatch já começou e traz várias novas skins

O Terror de Halloween é um dos eventos anuais de Overwatch e ele já começou no PC, PS4, Xbox One…

3 horas atrás

Este website utiliza cookies