Retrospectiva Playstation – Parte 3 – Playstation 3

E finalmente chegamos à parte derradeira dessa pequena série. No dia da conferência da Sony, na qual esperamos que seja anunciado o PS4, vamos relembrar o Playstation 3. Foi lançado em 11 de novembro de 2006 e já vendeu mais de 70 milhões de unidades. Seu principal trunfo foi a utilização de discos blu-ray como base para os jogos e a criação da Playstation Network. Agora com um concorrente à altura, a briga Sony vs. Microsoft nunca esteve tão acirrada. Mas o foco é o PS, então, vamos relembrar alguns jogos que marcaram esse console (ou que ainda marcam, pois ele está aí ainda para que todos se divertam, não?)

A sétima geração de consoles foi um divisor de águas para jogos de tiro, seja em primeira ou terceira pessoa. Finalmente temos uma jogabilidade tão boa e gráficos tão bons quanto em um PC. E posso comprovar isso pelo fato de 5 entre os 10 games mais vendidos para PS3 serem FPS (e os três primeiros são Call of Duty). Por isso, nada como começar falando da série:

Call of Duty

Ao trazer a guerra para os dias de hoje, a série Modern Warfare alavancou as vendas dos games de tiro. Talvez o que todos queriam era um jogo de guerra que se passasse nos dias de hoje, a imersão fica mais real. È claro que existe uma guerra entre os fãs de CoD e BF, porém, não tenho um preferido. É como falar de Fifa e PES, cada um prefere um título e acabou. Mas voltando ao FPS, as possibilidades de multiplayer online trouxe os jogadores exclusivos de PCs de volta a um console. O tiroteio frenético deixou as pessoas completamente alucinadas com os jogos FPS na nova geração de consoles. A possibilidade de jogar “eternamente” online agradou muitos os fãs de jogos de tiro em primeira pessoa.

Grand Theft Auto IV

Quando as pessoas esperavam mais do mesmo para a série GTA, eles apresentam um mundo incrivelmente gigantesco e belos gráficos para o título sandbox. A potência do console permitiu que GTA pudesse desenvolver gráficos maravilhosos, mesmo com o mundo aberto que ele disponibilizava. Além do famoso estilo que a série popularizou, o jogo agora possuía também modos multiplayer, afinal, os jogos da sétima geração não podem ser lançados sem ter suporte ao mundo virtual. Muitas pessoas querem continuar jogando mesmo que o modo história tenha acabado.

FIFA

O mundo dos jogos esportivos na sétima geração foi marcada pelo domínio da série Fifa. Além de apresentar a melhor jogabilidade entre os games do mercado, ótimos gráficos (e até narração em português!) a série consegue melhorar ano após ano. Eu confesso que joguei poucas vezes jogos de futebol no PS3, mas posso dizer que o salto de jogabilidade é considerável entre PS2 e PS3. E obviamente, novamente o multiplayer online é destaque para o título. A parte mais legal dos jogos de futebol era jogar contra alguém. Mesmo que você não tenha um amigo por perto uma partida, via internet tudo fica mais fácil.

Assassins Creed

Sinceramente, um dos meus preferidos. Essa obra prima entrega uma história envolvente, conspirações, personagens históricos no meio da trama, você e sua hidden blade matando quem não era justo, correto ou quem seu personagem julgasse que merecia morrer. A jogabilidade é um dos destaques do título. A possibilidade de escalar casas, paredes, o Leap of Faith (apesar de não ser muito realista, mas é muito legal!), matar seus inimigos com as próprias mãos ou com armas de curto alcance. O título trouxe algo de novo para os vídeo-games, mostrando que ainda há espaço para histórias originais e bem trabalhadas. Uma curiosidade: todos os principais personagens do jogo existiram no mundo real, e as mortes que ocorrem também são feitas de acordo com dados históricos.

Dead Space

Quem jogava Resident Evil no PS1 sabe o que é um jogo de horror, que te deixa apreensivo ao decorrer da história. A partir do quarto game, a série RE ficou mais com cara de ação do que terror. Mas para suprir os fãs desamparados eis que surge Dead Space. Talvez mais desesperador que a famosa série da Capcom. Imagine você, um mero engenheiro, sozinho dentro de uma nave supostamente deserta no meio do espaço. Bem, sozinho não, pois você terá a companhia de seres nada agradáveis, os necromorphs. O jogo traz de volta a apreensão dentro de um vídeo-game. Tem partes que a única coisa que você quer é que chegue logo o final, que você consiga deixar tudo bem e todo mundo feliz de volta para casa. Mas obviamente, nada é tão fácil. Um dos grandes títulos para o console. Nada como te deixar um pouco desesperado em um ambiente escuro com o joystick em mãos e um belo monstro querendo dividir você em algumas partes.

E obviamente, o PS3 teve muito mais títulos importantes também (Gran Turismo 5, Uncharted, Metal Gear Solid, Final Fantasy, Battlefield, PES, entre outros), mas deixo por enquanto somente minha lista para relembrar bons momentos do console.

E chegamos ao fim da retrospectiva do querido console da Sony. São quase 20 anos no mercado, e muitas histórias podem ser contadas por quem teve um Playstation. E muitas histórias estão por vir, não? Quem sabe o que o PS4 trará aos mundo dos games?

Que a Força esteja conosco e que o PS4 seja um ótimo console (e barato também!)

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade