Categorias: Artigos

Os jogos mais violentos de todos os tempos

Fala, galera, tudo bom com vocês? O tópico hoje é polêmico: violência em jogos de videogame. Todo mundo adora estourar umas cabeças usando um joystick, certo? Bom, hoje eu separei alguns dos jogos mais violentos de todos os tempos. Vejam bem, esses não são os cinco mais e sim cinco que eu acho que estão entre os mais. Calma, se eu não citei um jogo que você acha mais violento que esses, tenha paciência, ele pode muito bem aparecer na próxima edição do post.

5. Doom

Doom provocou uma verdadeira revolução nos jogos por uma série de motivos, mas se eu fosse destacar um, certamente seria a violência. Caso vocês não lembrem, você é um Marine numa estação em Marte onde um experimento deu errado e trouxe demônios para a sua estação. Para o seu azar, você é o único sobrevivente do local e deve dar um jeito de sair de lá, usando desde uma simples pistola a armas mais divertidas como bazucas (que desintegram os inimigos) a serras elétricas.

Eu não lembro de algum jogo anterior a Doom que trouxesse essa ideia de sair por aí correndo atrás de inimigos com uma serra elétrica. Ok, o jogo pega emprestado vários elementos de Wolfenstein 3D, mas Doom os executa de uma maneira tão bem feita que pode ser muito bem jogado ainda hoje.

4. Mortal Kombat (2011)

Mortal Kombat foi um dos meus jogos favoritos quando eu era mais novo, mas ele se perdeu completamente conforme o tempo foi passando, acabando por virar uma série bem fraca (e digna de pena) durante a vida do PlayStation 2 e começo da era Xbox 360/PS3… até que a série recebeu um reboot que a encheu de vida.

Mortal Kombat 2011 é um jogo excelente, seja em termos de jogabilidade, seja em captar a essência que cativou todo mundo lá em 1992: ser violento pra cacete. Eu não vou ficar aqui citando a porrada de coisas que você pode fazer com o pobre do seu adversário e ele pode fazer com vocês, simplesmente vou deixar o vídeo desse Fatality (começa nos 27 segundos) que pra mim resume bem como esse jogo é foda (e violento):

3. The Last of Us

The Last of Us tem um golpe que me dá um frio na barriga toda vez que é executado: Joel arremessando a cabeça do pobre bandido contra a quina de uma mesa. Não bastasse esse ataque, que já seria o suficiente para entrar nessa lista, o jogo é recheado de movimentos e situações bastante violentas, como a execução dos civis infectados no começo do jogo, você poder matar inimigos com garrafadas, tijoladas, machados, pedaços de pau, canos, coronhadas etc. É um festival de hematomas e porradas num mundo que teve que se endurecer após a sociedade ser levada ao limite.

2. God of War (série)

Integrante garantido dessa lista, God of War redefiniu o que você poderia fazer com os seus inimigos nos videogames. Kratos está puto com tudo e com todos e eu não seria louco de me colocar contra um cara desse tamanho. Imagino que o cidadão da imagem acima não deva estar tendo um dia dos mais agradáveis.

1. Manhunt

Manhunt, para PlayStation 2, foi banido em diversos países por causa de suas execuções brutais onde você pode escolher como quer acabar com a sua pobre vitima com itens como sacos plásticos (no melhor estilo Tropa de Elite), marretas, martelos, facas e outras coisinhas legais. O vídeo abaixo mostra um pouco do que você pode fazer com os seus inimigos. Digamos que ele seja… pesado.

Que outros jogos vocês acham que deveriam entrar para a lista?

Este website utiliza cookies