5 Personagens da DC que protagonizariam bons filmes

Agora a moda é fazer filmes baseado nos maiores clássicos dos quadrinhos. A prática que começou a engatinhar no início da década passada, agora ganhou força e dificilmente ficamos sem filmes do gênero por um intervalo maior do que um ano. Por isso, vamos citar aqui alguns personagens que com certeza protagonizariam bons filmes, principalmente se fossem feitos nos moldes dos quadrinhos, sem o temido selo PG-13 que transforma algumas películas adultas em algo próximo ao desenho da Peppa Pig. Mas enfim, vamos lá.

Lobo

Conhecido popularmente por ai como o Maioral, Lobo tem uma legião de fãs que o consideram um dos melhores personagens de quadrinhos de todos os tempo. Tanto é que quando a DC resolveu dar um reboot no personagem, teve gente que prometeu explodir monumentos americanos caso a ideia não fosse deixada de lado -ó as ideia desse povo-.  Enfim, Lobo é um mercenário intergalático que destruiu o seu próprio planeta e todos os outros indivíduos da sua raça, não poupando nem mesmo crianças e bebes de colo. Detalhe: ele conseguiu essa façanha quando ainda era um moleque. Pode ser queimado, surrado, eletrocutado, cortado, fatiado e destruído de várias formas diferentes, que depois de um certo tempo seu corpo se regenera perfeitamente, sem nenhum dano colateral.

Muito de vez em quando, acaba fazendo uma coisa boa desde que paguem bem. Talvez fosse essa a deixa pra alguém começar um roteiro sobre ele, haja visto que ultimamente os anti-heróis andam fazendo tanto sucesso quanto os heróis tradicionais, né?

Aquaman

Se você acha que o Aquaman continua sendo aquele personagem sem sal da DC, meu amigo, você tá por fora. Depois do reboot de 2011, o herói passou de piada a aposta e tornou-se definitivamente um dos títulos mais vendidos de uns tempos pra cá. O fato do próprio Aquaman perceber que é uma piada para alguns cidadãos, faz com que ele mude algumas atitudes e passe a agir de uma forma um pouco diferente do habitual. Os novos arcos de histórias são bem bacanas, repletos de ação e reviravoltas sensacionais dignos de um grande herói da DC.

Talvez no momento, um filme do Aquaman não seja tão bem recebido quando algum outro relacionado a qualquer outro personagem da DC, mas no futuro acredito que o herói aquático que aprendeu com seus erros e agora até consegue comer peixe pode sim protagonizar um roteiro épico e de qualidade. Fica ai a dica, dona DC.

Solomon Grundy

“Esse não é aquele cara que as vezes sai no tapa com o Batman?” Esse mesmo amiguinhos. Solomon Grundy nasceu numa segunda, batizou-se numa terça, casou-se numa quarta, adoeceu numa quinta, piorou numa sexta, morreu num sábado, enterrou-se no domingo e este foi o fim de Solomon Grundy, só que não. O vilão que começou cinza -desculpe o trocadilhos-, foi ganhando cada vez mais destaque mesmo tendo uma lacuna enorme em sua história, que no fim das contas da até um tom mais sombrio ao personagem.

Elé é quase um Hulk misturado com o Monstro do Pântano, tem uma força enorme e um intelecto que deixa bastante a desejar. Já foi destruído e ressuscitado inúmeras vezes sendo que a cada volta ele acaba ficando um pouquinho diferente do que era, e certa vez em uma luta com o próprio Monstro do Pântano, descobriu-se que Grundy é na verdade, um elemental da terra falho. Sensacional essas sacadas que os roteristas encontram para ligar um personagem ao outro, né?

Sua personalidade e enredo dariam um bom filme do Tim Burton desde que ele não fosse protagonizado pelo Johnny Deep.

Lanterna Verde

Ué, achei que ele já tivesse um filme”, Não! Não tem! Aquilo não é o Lanterna Verde, esqueça. Hal Jordan e a Tropa dos Lanternas Verdes são duas coisas complexas, mas que em alguns casos se confundem. Se ainda existe somente a Tropa dos Lanternas Verdes talvez alguém pudesse dizer que não existe muita coisa a se fazer que possa ser diferente do desastre que chegou ao cinema à alguns anos atrás, mas existe uma tropa pra cada cor do arco íris sem contar a tropa negra, e isso meu amigo, é algo pra lá de interessante.

Certamente seria muito difícil de situar quem não acompanha as HQ’s há muito tempo dentro da cronologia do Lanterna Verde, seja ele como Hal Jordan, John Stewart ou Kyle Rayner, mas um filme focado no que foi visto nas HQ’s poderia muito bem ajuda a pelo menos introduzir esse personagem tão bacana para quem não conhece.

Capitão Marvel ou Shazam

Quão irônico é possuir um personagem bem popular no ser acervo, com o nome da sua principal concorrente? Capitão Marvel não é um personagem criado pela DC, mas sim um dos inúmeros heróis que foram incorporados pela editora após a compra de direitos autorais durante o século passado. Já foi motivo de brigas judiciais e colocado na geladeira por muito tempo, mas nos últimos tempos vem reconquistando seu espaço com hq’s mensais.

Agora, quão bacana pode ser um filme de um garoto que descobre a habilidade de tornar-se um super herói? O enredo do ponto de vista cinematográfico parece tão bom que eu toparia ver um filme desses mesmo com o selo PG-13.

Talvez um dia desses a DC decida olhar um pouco mais para os heróis com potencial do seu portfólio e dedique-se um pouco mais a produção de conteúdo cinematográfico de qualidade, a exemplo do que a Marvel vem fazendo nesses últimos anos. Nos resta somente torcer para que um dia possamos ver nos heróis prediletos nas telonas, mandando ver.

João Víctor Sartor

João Víctor Balestrin Sartor é colaborador e sex-symbol do Critical Hits. Admirador das boas histórias, almeja de verdade escrever um livro algum dia. Divide seu tempo entre à leitura, jogatina, trabalho, engenharia e quando sobra tempo, vive.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade