5 mod’s de Doom que vão do bizarro ao genial

Um dos grandes ícones de uma geração, o clássico Doom completa 20 anos hoje. Além de toda a importância e revolução por si só, o jogo foi também um pioneiro dos mod’s, ou wads, e no artigo de hoje, foram selecionados 5 deles, que foram marcantes tanto pela bizarrice, quanto pela genialidade. Vamos lá?

Nuts:

Sabe aquela mentalidade agressiva de Doom? Aquela sensação que te faz gritar atirando loucamente e tudo mais? Então, imagine a sensação de fazer isso com praticamente um mar de zumbis? Não preciso nem dizer mais nada sobre os motivos desse wad estar entre os mais icônicos do jogo e figurar na lista. Apenas assistam e divirtam-se:

Doom Raider:

O nome não está passando uma ideia errada. Duas pistolas, exploração de tumbas, com armadilhas, passagens secretas e tudo mais… Isso é o que aconteceria se Doom e Tomb Raider se tornassem um jogo só. Infelizmente, sem Lara Croft, mas é por isso que temos Tomb Raider.

Super Mario Doom:

Você provavelmente já ouviu falar desse wad, mas ainda assim, merece uma menção. Um modder está trabalhando no que seria um Super Mario em primeira pessoa, com vis e com a movimentação de Doom. O trabalho ainda está em progresso, mas até aqui, as fases de 1-1 a 1-4 estão todas lá, e uma delas pode ser vista abaixo:

Sky May Be:

Esse wad foi criado com a intenção de se tornar o “o WAD mais estranho já feito” e, cara… Ele consegue. Tudo, desde o visual, até as transições, não faz muito (se é que faz qualquer) sentido, e, por incrível que pareça, isso torna a experiência uma viagem interessante, simplesmente pra ver o que vai acontecer na próxima tela.

 

Doom Batman:

Essa pérola de genialidade foi escolhida para fechar esse artigo, e vendo um pouco do vídeo já torna a escolha justíssima. Sério, assista o vídeo, e me diga que não parece um standalone. O mod capta perfeitamente a essência dos quadrinhos do Homem-Morcego e, como se não bastasse, conta com boa parte dos vilões mais icônicos de Gotham City ao fim de cada fase.

Vander Lissi

Vanderlei Rodrigues Lissi é colaborador do Critical Hits. Mascote da equipe, ele, que prefere ser chamado de Vander,talvez por não aguentar mais piadinhas na pré-escola com aquele técnico de futebol, até hoje ainda acha que Pokémon Stadium é o melhor jogo dos monstrinhos de bolso.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade