5 jogos que farão você terminar seu relacionamento – parte 4

Meus queridos amigos e leitores, tudo bem? Como foi o final de semana? Todos bem após a suada vitória do Brasil nos pênaltis? Bom, hoje eu vou mais uma vez pegar carona numa ideia do nosso querido amigo Lucas Schlottfeldt e dar continuidade a uma outra série de artigos que ele começou aqui.

Tal qual ele fez, hoje estaremos citando mai cinco jogos que podem se tornar o motivo do fim do seu relacionamento. Afinal é complicado manter os seus hábitos gamers quase se tem uma digníssima ou digníssimo na vida, quando se precisa dar atenção para essas pessoas e para o console parado em cima da sua mesa.

Vamos a eles?

Call of Duty

Eu até fiquei impressionado que o Lucas não mencionou esse shooter clássico antes. Há alguns anos Call of Duty se consolidou como um dos maiores fenômenos da indústria, tendo sempre lançamentos de sucesso absurdo e gerando pilhas e pilhas de dinheiro para a Activision. E não é por nada.

O jogo conseguiu desenvolver uma das melhores fórmulas de multiplayer, o que faz com que milhões de jogadores gastem incontáveis horas por dia dizimando uns aos outros. E claro, para poder se aperfeiçoar ao máximo na arte da guerra, são necessárias muitas horas de dedicação e treinamento, além de noites e finais de semana sendo varados, o que, vamos combinar, é impossível se fazer quando se tem alguém especial na vida.

League of Legends

Se já não bastasse ser um jogo gratuito, o que já atrairia bastante atenção e jogadores, a Riot ainda foi lá e criou um jogo altamente viciante, que vai fazer com que os jogadores fiquem no eterno “só mais uma partida” até perceberem que o sol já está nascendo novamente e a hora de ir trabalhar ou estudar está chegando.

E por que esse jogo vai complicar a situação com sua pessoa amada? Porque são necessárias horas e horas de jogatina para atingir um bom nível técnico e não ser xingando vigorosamente pelos seus companheiros de time.

Mario Kart

Não que Mario Kart também não seja viciante, mas acho que nesse caso o motivo da separação do casal vai ser um pouco diferente dos já citados. Afinal, as disputas são ferozmente disputadas, onde vemos os jogadores muito investidos emocionalmente no jogo buscando a vitória. E aí que mora o problema.

Uma corrida disputada que é vencida com um truque, como uma casca de banana, pode causar uma briga feia entre os pilotos, e se eles são namorados pode ser que o troço fiquei tão série que a linda história dos dois seja abreviada naquele momento. Triste não?

Just Cause 2

Um jogo que eu demorei para lembrar, mas que depois de uma rápida análise ficou claro que era um exemplo perfeito para essa lista. Pensem comigo: o jogo conta com ação constante e frenética, tem um mapa imenso, uma cacetada de side missions e, principalmente, é divertido demais de se jogar.

Assim, não é muito difícil que alguns relacionamentos cheguem ao seu fim por causa desse viciante jogo. Pra vocês terem ideia de como o jogo é popular, o jogo foi lançado em 2010 e ainda hoje tem muita gente jogando tanto o single player como o mod para multiplayer.

Tibia

Sim, Tibia. Afinal, sua namorada ou namorado vai querer terminar as coisas ou pelo tempo que precisa ser derramado no jogo ou pelo simples desgosto de amar alguém que joga esse jogo. Brincadeira, eu já joguei muito Tibia na minha vida, saudades Jamera.

De qualquer forma, é um jogo que é também bem divertido de jogar (ou pelo menos era no meu tempo) quando não se leva em conta os gráficos, e com certeza vai sugar muitas horas da sua vida.

Chegamos ao final meus amigos, esses foram os jogos que eu lembrei. Alguém lembra de mais algum? Discorda de um dos jogos que eu citei aqui? Comentem aí embaixo, e não deixem de ler a primeira, a segunda e a terceira parte do artigo, todos de autoria do nosso amigos Lucas. Abraço!

Leonardo Koakowski

Sonysta, Sommelier de Destiny e Cyber Atleta de final de semana de Rocket League

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade