5 dos momentos mais agoniantes de todos os tempos em jogos de videogame – parte 3

Fala, galera, tudo bom com vocês? Quem aí lembra da nossa série de momentos agoniantes em jogos? Sabe aquela hora em que tu sente o que está acontecendo na tela dentro dos seus ossos? Bom, vamos a mais alguns momentos desses hoje. Vale a pena lembrar que spoilers nesse artigo são inevitáveis, então leia por conta e risco.

5. O fatality de Noob Saibot

O primeiro fatality de Noob Saibot no vídeo não tem nada demais, até você parar para pensar que… o saco do cara foi rasgado no meio durante a execução dele. Já imaginou a dor? Se você sentia dor solidária do seu adversário quando o Jhonny Cage socava os ovos dele, imagine a dor que o pobre coitado teve ao ter o saco aberto no meio então? Dá agonia até de escrever isso.

4. Virando o presidente Lula em Outlast

Parece que arrancar pedaços do corpo em jogos é uma das novas tendências desses últimos anos. Em Outlast, também há uma dessas que vai fazer você se contorcer por dentro.

3. As execuções de The Punisher

Afogar um cara na privada e depois encher a cara dele de porradas na louça é algo bem agoniante, não? Essa é a penas uma das maneiras em que você pode terminar com o seu adversário em The Punisher, para PS2.

2. Sistema de cura em Far Cry 3

Ok, você tem que ser muito macho para arrancar galhos de árvore, balas e tudo mais de dentro de si assim sem dar nenhum pio enquanto faz isso. Essa certamente ganharia a primeira colocação, não fosse pela cena que vem a seguir…

1. Clementine brincando de Rambo

Se você for fã de The Walking Dead, você provavelmente já começou a segunda temporada do jogo e já passou por essa cena. Acho que a Telltale foi cruel demais com a garota no começo de The Walking Dead: Season 2, mas nada foi pior do que essa cena. A cada agulhada, a agonia conseguia ser pior e pior.

Que outros momentos vocês lembram do tipo? Lembrando que a agulha no olho de Dead Space 2 está na primeira parte, antes que alguém resolva comentar sobre isso.

Gostou? Confira as outras partes do artigo

Parte 1 – Parte 2

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade