5 dicas para quem quer comprar um Nintendo 3DS

Fala, galera, tudo bom com vocês? Hoje vamos falar de portáteis e começar, obviamente, pelo líder do mercado, o Nintendo 3DS. O portátil da Nintendo começou meio de lado, mas após uma redução no seu preço, deslanchou e hoje em dia já até ultrapassou o Wii em vendas no Japão.

Lar de uma porrada de títulos únicos e com belos jogos a caminho, confira aqui algumas dicas importantes para você que está querendo comprar um 3DS.

5. Não use flashcards nele

Usar um flashcard era uma das maiores “vantagens” do Nintendo DS. Você fazia um investimento de uns 200 reais ao todo e “desbloqueava” o seu portátil, tendo acesso a todos os jogos dele sem maiores problemas ou dificuldades.

Bom, no 3DS a coisa é um pouco diferente. Flashcards para 3DS dão acesso apenas a jogos de Nintendo DS no momento, mas como tudo o que você joga fica gravado num log do sistema, pode ser que a Nintendo use isso contra donos do portátil no futuro para bani-los de jogos online ou coisas do tipo.

Fora que piratear jogos não ajuda a indústria de games, claro.

4. Cinco jogos que não se chamam Pokémon e que não podem faltar na sua coleção

O Nintendo 3DS é um portátil cheio de jogos de qualidade, mas como o orçamento de quem compra um console (ou portátil) é limitado no começo, vamos a uma seleção com cinco títulos que não se chamam Pokémon para vocês.

Kid Icarus: Uprising

Kid Icarus: Uprising deve ser o jogo mais jogado na vida do meu irmão mais novo. Praticamente todas as vezes que eu vou no quarto dele, ele está jogando esse jogo, que é uma espécie de 3rd person shooter no unvierso de Kid Icarus. Ok, o jogo é bem mais do que isso, apresentando bastante sequências de ação durante a bela campanha principal dele.

Para completar, o jogo ainda tem um multiplayer viciante, que é muito mais baseado em habilidade do que na progressão de level e buffs que você desbloqueia com o passar dos níveis.

Super Mario 3D Land

Super Mario 3D Land é o título do encanador bigodudo que não poderia deixar de comparecer na lista. O jogo mescla jogabilidade tridimensional com a jogabilidade tradicional de Mario, ampliando assim a profundidade das fases e dos desafios apresentados. Um ótimo título que oxigenou bastante o que a Nintendo vinha fazendo com o seu maior ícone.

Fire Emblem Awakening

Fire Emblem Awakening é o melhor título do gênero de RPG Tático que o 3DS tem a oferecer. A mistura de história sólida, envolvendo novos personagens do universo a personagens clássicos deu muito certo, além das adições no gameplay dentro e fora das batalhas. O jogo tem uma campanha bem longa, proporcionando horas e mais horas de diversão.

Pushmo

O simpático puzzle da Nintendo para o eShop é uma espécie de Catherine para 3DS, onde você deve tem que puxar e empurrar blocos do mapa para ir subindo as plataformas. Ao todo são mais de 250 puzzles que vão fazer você queimar a mufa por um bom tempo.

The Legend of Zelda: Ocarina of Time 3D

Como não incluir o melhor título da série The Legend of Zelda nessa lista? O jogo, que saiu juntamente com o 3DS, é uma versão com gráficos e jogabilidade melhorados em relação ao Nintendo 64. A Nintendo disse que conseguiu fazer tudo o que pretendia fazer no N64 nessa versão, ou seja, melhoraram o que já era excelente.

3. Compre um cartão de memória maior

O Nintendo 3DS vem com um cartão de apenas 2GB de memória nele e apesar disso ser bem mais do que você vai precisar para saves e tudo mais, o portátil finalmente está entrando com tudo na era digital, onde a maioria dos lançamentos também pode ser comprado na eShop e baixado direto para ele, sem precisar ir na loja.

Tendo isso em vista, e o fato de que um cartão SD custa quase 20x menos do que um memory card do PlayStation Vita, é uma ótima ideia encomendar um cartão de 16 ou até de 32GB da Deal Extreme para nunca mais se preocupar com falta de espaço no 3DS.

2. 3DS x 3DS XL, qual escolher?

Uma das principais dúvidas na hora de comprar um 3DS é que modelo escolher? Bom, entre o 3DS normal e o XL, eu te diria para ir com o 3DS normal. Além dele ser mais portátil (e caber no bolso numa boa) que o XL, a tela dele é menor, o que significa que os gráficos ficam menos serrilhados na tela dele em relação à tela do 3DS (lembrando que a resolução da tela de cima do 3DS é 400×240, bem baixa).

Ah, sim, outro motivo para escolher o 3DS normal é que o XL parece um PC da Xuxa (ou um Pense Bem, pros mais velhos) e você provavelmente vai parecer bem idiota jogando Pokémon nele.

1. Comprar o Circle Pad ou não?

Tá vendo esse trambolho aí em cima? Bom, essa foi a solução da Nintendo para corrigir a falta de segundo analógico do 3DS. Ele se chama Circle Pad Pro e precisa de uma pilha AAA para funcionar, mas resolve um dos principais defeitos do portátil.

Atualmente, há menos de 20 jogos que realmente necessitam ele, então fica a pergunta: vale a pena? Olha, um Circle Pad Pro custa uns 20 ou 30 reais comprando no eBay ou em outros sites de lá de fora e alguns jogos ficam injogáveis sem ele, como Resident Evil: Revelations e Metal Gear Solid Collection. Outro incentivo para comprá-lo é que ele provavelmente vai esgotar em tudo que é canto quando Monster Hunter 4 for lançado por aqui, então adiante-se!

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade