Roteirista do Live-Action de One Piece revela como conseguiu a aprovação de Eiichiro Oda

Adaptações em live-action de animes é um tema bastante complicado. A grande maioria das tentativas do passado acabaram falhando miseravelmente, como é o caso de Dragon Ball Evolution.

Com um histórico tão grande de adaptações ruins, é natural ficar preocupado quando sua obra favorita acaba permitindo que uma adaptação em live-action seja feita.

Mas se é difícil convencer o público de que um live-action de anime será bom, convencer o criador da obra em questão deve ser ainda mais difícil.

Recentemente, o principal roteirista do live-action de One Piece, que está sendo produzido pela Netflix, contou como foi a conversa que o fez conseguir a aprovação de Eiichiro Oda, o criador da obra.

“Nós tivemos uma reunião de três horas nos escritórios da Jump apenas sobre estratégia, o que nós estávamos pensando sobre a história, eu também precisei convencê-lo de que eu conhecia e amava a história. Ele entendeu, mas ainda estava meio indeciso, o que eu entendo. Então fomos jantar depois da reunião… e ele me pediu desculpas.” Disse Matt Owens, o roteirista do live-action de One Piece, para o canal do YouTube RogersBase.

segundo Owen, Oda pediu desculpas por ter agido de forma tão dura na reunião. O autor disse que queria deixar claro o quão a sério ele leva One Piece, e que a obra significa muito para muitos fãs.

Para mostrar que também é um fã de longa data de One Piece, Owen acabou contando para Oda uma história bastante pessoal.

“Eu olhei para ele e disse, ‘Quando eu estava no começo dos meus 20 anos, eu entrei em uma depressão profunda. Eu estava procurando algo para assistir que ocuparia todo meu tempo para que eu não precisasse fazer nada ou pensar sobre nada. Eu havia lido One Piece quando estava na escola, mas ele não tinha me prendido na época. Mas eu acabei tomando uma decisão… era hora de assistir One Piece por inteiro.'”

“Eu contei à Oda que uma das melhores coisas sobre One Piece é que ele é uma história sobre como todos possuem tragédias, dores e tristezas em suas vidas, mas isto não é o que te define. O que te define é como você usa essas experiências para motivar seu futuro. E que ninguém precisa fazer isto sozinho. Ninguém no mundo precisa estar sozinho. Quando você encontra estas pessoas ao seu redor, que te motivam, te animam e te ajudam, este é o maior poder deste mundo. E esta é a história que eu quero contar para o mundo”, disse Owen.

Para finalizar, o escritor disse que “Eu sei que One Piece significa muito para você… significa muito para mim porque eu sinceramente acredito que One Piece salvou minha vida. Ele olhou nos meus olhos, segurou minhas mãos do outro lado da mesa e disse ‘Eu tenho 100% de fé em você agora.'”

Não há um voto de confiança maior do que este. Se Eiichiro Oda confia 100% no escritor do live-action, podemos esperar que ele será diferente dos outros live-actions de anime que vimos no passado.

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017 e contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e então resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

Ao todo, o anime tem 500 episódios (incluindo os fillers de Naruto Shippuden), e finaliza a história de Naruto, Sasuke, Sakura e Kakashi. Além disso, o anime preparao terreno para a continuação direta da história.

Você pode acompanhar Naruto na íntegra no Crunchyroll. Além dele, o serviço conta com com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Acesse o site por este link e então ganhe 14 dias de premium gratuitos em uma nova conta.

David Brito

Fã de Roguelikes e J-RPGs, David passa a maior parte do seu tempo livre testando novos jogos e lembrando a todos o quanto ele ama a franquia Persona.

Publicado por