InícioAnimePor Que Vegapunk Decidiu Se Juntar ao Governo Mundial em One Piece?

Por Que Vegapunk Decidiu Se Juntar ao Governo Mundial em One Piece?

No capítulo 1066 de One Piece, Vegapunk contou uma história sobre o momento em que conheceu acidentalmente o pai de Luffy, Monkey D. Dragon, na recém-destruída ilha de Ohara. Eles estavam lá para prestar homenagem a seu falecido amigo e um dos principais especialistas no Século Vazio, um pesquisador de Ohara chamado Professor Clover. Nesse flashback, descobrimos que Vegapunk costumava ser o líder de um grupo de cientistas geniais chamado MADS, juntamente com nomes de peso como Caesar, Vinsmoke Judge, Queen e Stussy. Eles estavam na vanguarda do avanço em todas as áreas da ciência até o Governo Mundial dissolvê-los.

Pouco depois disso, Dragon ofereceu a Vegapunk a chance de se juntar ao seu recém-criado Exército Revolucionário e lutar contra o tirânico Governo Mundial juntos. Vegapunk recusou a oferta e decidiu se juntar ao Governo Mundial em vez disso. Então, por que o maior cientista do mundo decidiu se juntar às fileiras do inimigo?

Para Financiar Seus Projetos Ambiciosos

Por Que Vegapunk Decidiu Se Juntar ao Governo Mundial em One Piece?
Reprodução: One Piece

Há algumas razões pelas quais Vegapunk decidiu se juntar ao Governo Mundial. A primeira delas é simplesmente porque o Governo Mundial poderia e financiaria seus projetos. Alguns podem argumentar que é antiético trabalhar para uma organização corrupta como o Governo Mundial, especialmente se essa mesma organização foi responsável por destruir sua organização anterior.

No entanto, Vegapunk sempre foi uma pessoa pragmática. O mais importante para ele é continuar sua pesquisa e realizar suas visões. Para alcançar isso, o passo mais lógico era se juntar ao rico Governo Mundial, não a uma organização com problemas de caixa como o Exército Revolucionário. A propósito, Vegapunk disse essa verdade dura diretamente para Dragon. “Você sempre foi honesto até demais”, disse Dragon a Vegapunk, divertido.

Não é que Vegapunk de repente concorde com as ações horríveis e questionáveis do Governo Mundial. Mas se unir a eles é a única maneira para ele criar livremente todas as invenções estranhas e revolucionárias que existem em sua mente de gênio em constante expansão.

Ainda Há Pessoas Boas no Governo Mundial

Por Que Vegapunk Decidiu Se Juntar ao Governo Mundial em One Piece?
Reprodução: One Piece

Outro motivo pelo qual Vegapunk concordou em se juntar ao Governo Mundial foi porque ele realmente acreditava que ainda havia marines bondosos, honrados e cumpridores da lei no governo. Ele nunca mencionou nomes específicos, mas pelo que sabemos sobre numerosas pessoas que estavam na Marinha na época, podemos assumir com segurança que uma dessas pessoas era nada menos que o pai de Dragon, Monkey D. Garp, o herói da Marinha.

Graças às imensas contribuições de Vegapunk para a Marinha, ele está na verdade muito próximo de numerosas pessoas do Governo Mundial. Pessoas que ele pode considerar como amigos. A pessoa mais notável em sua lista de amigos é um dos oficiais de mais alto escalão da Marinha, um homem tranquilo chamado Borsalino, comumente conhecido em todo o mundo como o Almirante Kizaru.

Kizaru foi um amigo próximo de Vegapunk desde quando era um jovem subindo nas fileiras da Marinha. Ele foi uma das pessoas responsáveis pela segurança de Vegapunk na época, o que foi quando sua amizade começou a florescer. Infelizmente, como vimos nos capítulos recentes, como alguém que trabalha para a Marinha, Kizaru não tem escolha a não ser cumprir a ordem de capturar ou matar Vegapunk, que foi considerado um traidor pelo Governo Mundial.

Para Continuar a Pesquisa de Ohara

Reprodução: One Piece

Entre seu tempo trabalhando em inúmeros projetos para o Governo Mundial (criando Pacifistas, Serafins e outras armas avançadas) e criando uma ilha futurística para si e para as pessoas que trabalham para ele (a Ilha Cabeçuda), Vegapunk continua secretamente a pesquisa deixada por seu falecido amigo, Professor Clover. Como você pode imaginar, essa pesquisa é sobre o Século Vazio e a civilização avançada que prosperou e pereceu durante esse período em branco.

Sabemos a partir do flashback mencionado que Vegapunk visitou a biblioteca dos piratas de Elbaf logo após se encontrar com Dragon. O objetivo de sua visita era nada menos do que ler inúmeros livros e materiais de pesquisa deixados pelas pessoas de Ohara. Está claro que, como homem de ciência, ele estava definitivamente interessado na tecnologia misteriosa do passado e queria desvendar os capítulos ausentes da história.

Como alguém que testemunhou o que o Governo Mundial fez com aqueles que se atreveram a investigar o Século Vazio, Vegapunk certamente estava ciente do risco de seu projeto secreto. E ainda assim, ele o fez de qualquer maneira. Há certamente muitas razões por trás dessa decisão, mas é seguro supor que, como a pessoa mais inteligente do planeta, ele percebeu que era o único que poderia realizar esse projeto massivo e só poderia fazê-lo com a ajuda dos recursos ilimitados do Governo Mundial. Portanto, de certa forma, Vegapunk se juntou ao Governo Mundial para pesquisar a única coisa que eles tentaram tanto esconder, como uma forma de desafiar seu novo empregador.

Confira também:

One Piece conta a história de Monkey D. Luffy, um jovem com poderes de borracha cujo sonho é tornar-se o Rei dos Piratas, e da tripulação deles, os Piratas do Chapéu de Palha.

Ao todo, o anime conta com mais de 900 capítulos divididos em diversas sagas, e ainda é exibido no Japão, sendo uma das séries mais populares de todos os tempos.

Atualmente, o anime está desenvolvendo o arco de Wano, um país inspirado no Japão Feudal e dominado pelo Yonkou Kaidou das Cem Feras.

A história de Luffy e seus amigos pode ser acompanhada na íntegra no Crunchyroll, em japonês com legendas em português ou na Netflix com as duas primeiras grandes sagas dubladas. Já o mangá de One Piece é publicado no Brasil pela Panini.

Valteci Junior
Valteci Juniorhttp://criticalhits.com.br
Fã obcecado de Souls-like e curto uns FPS e animes