Anime

Entenda por que sangue Marechi é diferente do sangue normal em Demon Slayer

Na história de Demon Slayer nós vimos que um sangue chamado “Marechi” que é extremamente raro acaba atraindo os demônios, mas por que isso acontece?

Reprodução: Demon Slayer

Por que sangue Marechi é diferente do sangue normal em Demon Slayer?

Existem dois tipos de sangue, os normais e depois o Sangue Marechi. Apenas dois personagens em todo o anime possuem um sangue tão único e são Kiyoshi e Sanemi Shinazugawa.

Kiyoshi é um menino que foi visto no Arco Tsuzumi Manion sendo sequestrado por demônios por seu tipo sanguíneo raro. Além disso, Kiyoshi é apenas um garoto comum que apareceu em um episódio e não teve grande importância para o enredo.

Enquanto Sanemi é um Hashira, que utiliza seu sangue único em conjunto com suas habilidades de combate, se necessário.

Em poucas palavras, o sangue Marechi é como uma sobremesa para os demônios, pois contém todas as propriedades que o tornam uma iguaria super rara para essas criaturas cruéis. Este sangue tem aquele elemento inebriante que faz os demônios ficarem loucos por isso.

Nezuko – Reprodução: Demon Slayer

Mesmo em uma batalha feroz contra um espadachim, uma pequena lufada desse sangue poderia fazer o demônio perder o foco e atrapalhar suas habilidades de combate.

O sangue Marechi pode até interferir nos sentidos de demônios de Rank Superior que são bem adeptos de combinar suas proezas físicas e intelecto de batalha. Mesmo o rank 1, Kokushibo, que é considerado o segundo Rei Demônio, não conseguiu lidar com seus efeitos.

No entanto, o sangue Marechi não tem efeito sobre Muzan Kibutsuji como sendo o progenitor de todos os demônios, ele possui um alto nível de tolerância que pode resistir até mesmo a uma versão avançada dele. Nezuko é o único demônio que conseguiu resistir a isso.

Nezuko – Reprodução: Demon Slayer

Confira também:

Demon Slayer pode ser conferido por completo na Crunchyroll.

Publicado por
Tags: Demon Slayer

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade