InícioAnimeEste é o simbolismo por trás dos clones das sombras de Naruto

Este é o simbolismo por trás dos clones das sombras de Naruto

Existem poucos jutsus em Naruto cuja importância se equipara à Técnica das Clones das Sombras, introduzida no primeiro episódio e capítulo da série. O próprio uso dessa habilidade extremamente versátil por Naruto é uma característica marcante de seu arsenal e estabeleceu as bases para muitas das técnicas mais complexas que ele adquiriria em sua jornada como shinobi.

Além de seu propósito em combate, a Técnica das Clones das Sombras também era uma manifestação alegórica dos temas de Naruto, assim como da ideologia de seu protagonista.

Era frequentemente usada para insinuar sutilmente a abordagem de Naruto para resolver conflitos, trabalhando ao lado de outros e compartilhando suas lutas, a fim de avançar e superar a solidão avassaladora que muitos no mundo shinobi frequentemente enfrentam. Essa é uma das principais razões por trás do status icônico da técnica, bem como de sua importância na série como um todo.

Eles Proporcionam uma Solução Para Sua Solidão

Este é o simbolismo por trás dos clones das sombras de Naruto
Reprodução: Boruto

Em sua infância e adolescência precoce, Naruto foi rotineiramente rejeitado e perseguido por muitos dos habitantes de Konohagakure, por ser o jinchuriki da Nove-Caudas. Sua natureza expansiva e confrontadora, aliada ao seu desempenho fraco na Academia, agravou esse isolamento. O mais importante, Naruto cresceu sem nunca conhecer seus pais, pois ambos sacrificaram suas vidas para protegê-lo da Nove-Caudas.

Tudo isso contribuiu para a intensa solidão e rejeição que ele sofreu desde jovem, sem ninguém com quem desabafar ou compartilhar sua tristeza. Em uma tentativa de remediar isso, Naruto começou a sonhar em se tornar Hokage, como um meio de fazer a vila aceitá-lo e reconhecê-lo. Quando foi introduzido pela primeira vez no início da série, Naruto praticamente não tinha amigos próximos de verdade, e seus instrutores na Academia o tratavam com desdém.

O primeiro aliado real que Naruto encontrou em sua vida foi seu professor Iruka Umino, que começou a reconhecer seu potencial quando ele dominou a Técnica das Clones Múltiplas das Sombras. O ato de Naruto aprender essa técnica – que antes era proibida devido aos riscos que representava – foi seu primeiro passo real em direção ao seu sonho de se tornar Hokage, e ela se tornou uma característica central de sua estratégia de combate.

Além disso, também garantiu que ele nunca estivesse sozinho na batalha e sempre tivesse aliados em quem pudesse contar. Este aspecto da importância da técnica foi destacado por ninguém menos que Sasuke Uchiha – o principal rival de Naruto ao longo da série – já que contrastava com sua própria abordagem independente de ser um shinobi, que era a antítese das ideais de Naruto.

A Força de Naruto Está Nos Números

Este é o simbolismo por trás dos clones das sombras de Naruto
Reprodução: Boruto

Com a Técnica das Clones das Sombras, Naruto desenvolveu muitas técnicas que aproveitavam o grande número de clones que ele podia criar. Ele os usou para executar manobras complexas de taijutsu envolvendo ataques coordenados que seriam impossíveis para grupos de shinobi realizar.

Em essência, essa era a base do estilo de luta de Naruto em suas batalhas iniciais, até a invasão de Konoha quando ele a usou para enfrentar Gaara. Sua habilidade de desenvolver planos rapidamente, olhar estratégico afiado e habilidade de superar adversários, permitiram que ele derrotasse muitos shinobi poderosos mesmo como genin.

Essa tendência continuou quando Naruto dominou o Rasengan e suas variantes, que ele combinou com suas clones das sombras para executar ataques massivos que poderiam superar até mesmo shinobi de nível jonin em certas circunstâncias. Lutar contra Naruto era como enfrentar um pequeno e bem coordenado exército, com a ameaça da Nove-Caudas espreitando por trás.

Mais tarde, isso se tornou uma perspectiva ainda mais aterrorizante quando seu arsenal cresceu e ele ganhou poderes como o Modo Sábio e o Modo Chakra da Nove-Caudas. Ao longo desse curso de eventos, ele provou repetidamente que sua força estava nos números e na coordenação, o que lhe rendeu muitos aliados da vila no processo.

Além disso, Naruto também explorou os benefícios de usar clones das sombras em situações que não envolviam combate, como visto em como ele foi capaz de desenvolver e dominar o Rasenshuriken em um tempo relativamente curto. Usando a experiência acumulada de centenas de clones que tentaram a técnica simultaneamente, Naruto conseguiu acelerar seu desenvolvimento de uma maneira que Kakashi e Minato não conseguiram.

Vitória Através da Cooperação

Este é o simbolismo por trás dos clones das sombras de Naruto
Reprodução: Boruto

Outra característica fundamental da ideologia de Naruto era sua capacidade de ver as coisas de perspectivas diferentes, entender seus inimigos, empatizar com eles e trazê-los para o seu lado. Este ato de humanizar todos os seus adversários – mesmo aqueles que lhe causaram grande sofrimento, como no caso de Pain – foi uma de suas maiores qualidades.

Da mesma forma, Naruto também dependia da força de seus aliados e priorizava o trabalho em equipe e a cooperação para alcançar seus objetivos. Isso contrastava com alguém como Sasuke, que sempre preferia fazer as coisas por conta própria.

Essencialmente, a provocação de Sasuke sobre o uso de clones das sombras por Naruto para esconder sua solidão parece ter sido uma tentativa disfarçada de esconder sua própria solidão.

Enquanto Naruto superou as dificuldades de sua juventude conturbada perseverando contra probabilidades difíceis e encontrando força em seus amigos e camaradas de Konohagakure, Sasuke não conseguiu se livrar de seu ódio e se esforçou para cortar todos os seus laços. Essa dicotomia em suas perspectivas também foi exemplificada em seus estilos de luta, e o uso de clones das sombras por Naruto é talvez o exemplo mais revelador de como isso foi incorporado à história.

Eventualmente, Naruto conseguiu conquistar Sasuke, já que este viu os méritos das crenças de seu ex-companheiro e prometeu sua vida para apoiá-lo. A conquista final de Naruto ao final da Quarta Guerra Mundial Shinobi foi o ato de unir todas as nações e aldeias ocultas na busca pela paz. Ele só foi capaz de fazer isso devido ao seu firme compromisso com a cooperação e a unidade entre todos os shinobi, o que o serviu bem ao longo de sua jornada.

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017 e contando a segunda fase do anime.

Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e então resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

Enquanto isso, a Akatsuki começa sua busca pelas Bijuus e o mundo ninja está prestes a enfrentar a maior crise que já viu em sua história.

Ao todo, o anime tem 500 episódios (incluindo os fillers de Naruto Shippuden), e finaliza a história de Naruto, Sasuke, Sakura e Kakashi. Além disso, o anime prepara o terreno para a continuação direta da história.

Você pode acompanhar Naruto na íntegra no Crunchyroll. Além dele, o serviço conta com com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta. Já o mangá de Naruto é publicado no Brasil pela Panini e você pode comprá-lo aqui.

Valteci Junior
Valteci Juniorhttp://criticalhits.com.br
Fã obcecado de Souls-like e curto uns FPS e animes