Anime

Entenda porque Bills não é um Deus da Destruição muito eficiente

Atualmente Bills é um dos personagens mais importantes de Dragon Ball Super, afinal de contas, ele é o Deus da Destruição em pessoa.

Mas o que isso significa?

Significa que Bills tem a função de destruir ou erradicar tudo que está em excesso no Universo 7. Destruir planetas, estrelas e galáxias gera matéria-prima para que novos estrelas, planetas e galáxias possam surgir, o que de certa maneira, movimenta o ciclo da vida.

Em teoria, um Deus da Destruição não poderia tomar partido e evitar a destruição de um planeta por causas naturais. Tampouco deveria assumir as causas de Goku e Vegeta e ajudá-los a defender à Terra de ameaças externas.

Por outro lado, Bills deveria impedir que uma força grande demais dominasse ou destruísse planetas deliberadamente, como foi o caso de Moro, por exemplo.

Quando Moro resolveu atacar o Planeta Namek, Bills deveria ter interferido e apagado a existência de Moro, uma vez que ele deixou de ser apenas um simples vilão e passou a ser uma ameaça mortal. Se quisesse, Moro poderia facilmente sair destruindo todos os planetas que quisesse e com isso, alterar o balanço do universo.

O problema é que Bills é teimoso e um tanto quanto preguiçoso. Além disso, por orgulho, o Deus da Destruição deixa de ouvir Goku e seus amigos e por muitas vezes permite que ameaças saiam do controle, como aconteceu na realidade alterativa do Trunks do Futuro.

Confira também:

Dragon Ball Super pode ser conferido por completo na Crunchyroll.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade