Anime

Entenda por que Kurenai tentou colocar Itachi em um Genjutsu no Naruto clássico

Naruto Clássico é repleto de momentos marcantes e lutas inesquecíveis, e uma cena que consegue combinar as duas coisas com certeza é o combate de Itachi e Kisame contra os Jonins da Folha.

Além desta ter sido a primeira vez que vimos vários destes personagens em ação, esta luta também serviu para nos mostrar o quão perigosos os membros da Akatsuki realmente são.

Itachi e Kurenai – Reprodução: Naruto

Entenda por que Kurenai tentou colocar Itachi em um Genjutsu no Naruto clássico

Entretanto, o que a maioria dos fãs de Naruto parece lembrar desta luta é o momento em que Kurenai tenta colocar Itachi em genjutsu, e acaba tendo sua técnica revertida pela Uchiha.

Esta cena acabou virando uma piada entre os fãs de Naruto. Afinal de contas, quem em sã consciência tentaria colocar Itachi em um genjutsu, não é mesmo? Mas a verdade é que aquela situação não era tão simples assim.

Primeiramente, Kurenai era uma especialista em genjutsu, sendo uma das maiores usuárias deste tipo de técnica de toda a Folha. De que outra forma ela tentaria atacar Itachi, além de utilizar suas ilusões?

Além disso, Kurenai não sabia das verdadeiras habilidades de Itachi, e também não tinha experiência em lutar contra usuários do Sharingan, já que o clã Uchiha estava praticamente extinto.

Outra detalhe que muitos parecem ter esquecido desta luta é que Kakashi também caiu em um genjutsu de Itachi, apesar de ter servido na ANBU com ele, e ter total ciência das capacidades do Sharingan.

Itachi e Kurenai – Reprodução: Naruto

Se até Kakashi foi pego por um Genjutsu de Itachi, como Kurenai – que não tinha nenhuma informação sobre Itachi e suas habilidades – não seria? Kurenai agiu da melhor forma possível naquela situação, mas infelizmente suas ações acabaram não dando certo.

Confira também:

Naruto pode ser conferido por completo na Cruchyroll.

Publicado por
Tags: Naruto

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade