Eiichiro Oda faz comentário a respeito de uma incrível teoria criada por fã

Eiichiro Oda é um verdadeiro mestre em criar segredos dentro de seu mangá, com algumas revelações que levaram anos para finalmente serem entregues aos fãs e muitas outras ainda esperam por sua vez.

Desde o início alguns aspectos da história têm sido alvos de várias teorias de fãs e uma delas envolve o Almirante Ryukugyu (Touro Verde), e um certo fã elaborou uma teoria que deixou até mesmo Eiichiro Oda “preocupado” a ponto de tentar disfarçar e não revelar nada.

A teoria em questão foi revelada em um dos SBS, onde um fã ligou alguns pontos e fez alguns comentários a respeito de cada Almirante de One Piece e Oda não pôde fazer nada além de disfarçar:

A teoria do fã é um pouco longa e complexa, mas em poucas palavras, todos os Almirantes representam uma cor e um animal distintos e Fujitora e Ryukugyu representam um tigre e um touro.

Estes animais representam o conto de Momotaro, um conto famoso no Japão e, ao perceber que o fã pode ter acertado o destino de ambos personagens, Eiichiro Oda tentou disfarçar e não revelar se o fã estava certo ou errado, chegando ao ponto de brincar ao dizer que estava transpirando de nervosismo.

Será que a teoria do fã estava realmente correta?

One Piece conta a história de Monkey D. Luffy, um jovem com poderes de borracha cujo sonho é tornar-se o Rei dos Piratas, e da tripulação deles, os Piratas do Chapéu de Palha.

Ao todo, o anime conta com mais de 900 capítulos divididos em diversas sagas, e ainda é exibido no Japão, sendo uma das séries mais populares de todos os tempos.

Atualmente, o anime está desenvolvendo o arco de Wano, um país inspirado no Japão Feudal e dominado pelo Yonkou Kaidou das Cem Feras.

A história de Luffy e seus amigos pode ser acompanhada na íntegra no Crunchyroll, em japonês com legendas em português.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade